Cachorro surfando: saiba como fazer isso

Por Cobasi

Compartilhar:

cachorro surfando

Já imaginou levar seu pet para conhecer ondas de verdade? Pois é! Isso é totalmente possível, mas para isso é necessário tomar cuidados importantes. Neste texto você aprenderá dicas imperdíveis sobre o que fazer para ver seu cachorro surfando!

O que fazer para ter um cachorro surfando?

Em primeiro lugar, separe uma prancha própria para cachorros e procure a praia mais próxima de você. Inicialmente, é preciso contar com o suporte de uma manutenção prévia, conversando com o veterinário para entender os cuidados e saber como anda a saúde do seu animal. Feito isso, é preciso se atentar para os pontos a seguir.

Proteção do animal

A atividade pode resultar em um bom tempo na praia, sendo assim, o cachorro precisa estar super protegido, com remédios antipulga e anticarrapato, além, é claro, de usar de um colete salva-vidas para descartar qualquer possibilidade de acidentes.

Algumas raças como Pug e Buldogue podem apresentar dificuldades para respirar, já que acabam se cansando mais rápido. Nesses casos, o uso de coletes é ainda mais importante para o cachorro surfando.

cachorro surfando

Respeite o tempo do seu pet

Ver o seu cachorro surfando pode ser mais rápido se ele for um Labrador ou Golden Retriever. Mas alguns deles se dão melhor com baixas temperaturas, como é o caso do Collie e Husky Siberiano, fazendo o contato com a água não ser amigável logo na primeira tentativa.

Preste muita atenção no comportamento do seu animal na praia, e apresente o mar ao animal aos poucos. E o mais importante: se ele demonstrar não estar curtindo, respeite sua escolha.

Contratar um adestrador para realizar essa introdução de forma correta é uma excelente escolha, pois ele poderá ensinar seu pet a se comportar na praia e, quem sabe, surfar várias ondas.

Foque na saúde do cachorro

Os cachorros costumam gastar bastante energia na praia, então é de suma importância lembrar de levar água e aplicar protetor solar em seus focinhos, pois é o local mais exposto. É importante também optar por mares mais calmos, gerando mais tranquilidade para o animal.

O pós-praia para o cachorro surfando

Ao chegar da praia, é importante retirar o sal e areia do pelo, e ter muito cuidado com o ouvido do animal. Afinal, ao entrar em contato com a água pode ocasionar uma otite, que pode ser muito grave.

Dessa forma, seu cachorrinho poderá aprender a surfar e ter uma experiência incrível, tanto para a família quanto para sua saúde e diversão.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário