Saiba com quantos meses pode dar banho em gato

Compartilhar:


com quantos meses pode dar banho em gato

A dúvida de muitas pessoas em relação à higiene dos felinos é: com quantos meses pode dar banho em gato? Apesar de não ser uma prática que é muito comentada, já que a maioria dos felinos não gosta de água, dar banhos no gato é a melhor maneira de acostumá-lo a esse hábito.

E, não é preciso ser especialista em gatos para saber que eles têm seus próprios hábitos higiênicos, afinal, suas demoradas linguadas são muito conhecidas. Mas, é preciso ressaltar que os gatos precisam, sim, tomar banhos, para manter sua higiene em dia.

Com quantos meses pode dar banho em gato?

Cuidar da higiene dos felinos é muito importante, mas sua saúde precisa estar sempre em primeiro lugar, por isso, é preciso saber com quantos meses o gato pode tomar banho, já que o processo de higienização pode estressar alguns pets.

O ideal é que o tutor espere o felino tomar todas as vacinas indicadas antes de dar banho no gato, o que deve acontecer após os primeiros quatro meses de vida.

Com esta idade, o gato já estará pronto e mais forte para receber sua primeira ducha. Vale saber que, ao contrário dos cachorros, o banho do gato pode acontecer em intervalos maiores, uma vez a cada 30 ou 60 dias. Isso porque eles cuidam sozinhos da própria higiene. Mas, é preciso ficar atento, pois esse tempo nem sempre será o indicado.

Saiba que começar a dar banho em gatos enquanto eles são filhotes é uma ótima prática, pois eles estão em processo de aprendizagem e têm menos problemas com novas sensações, principalmente com água.

É importante saber também que gatos que começam a tomar banhos enquanto são filhotes, ficarão mais tranquilos no banho quando forem adultos. Uma boa notícia, concorda?

Saiba como dar banho em gato com essas dicas

com quantos meses pode dar banho em gato

Não demorar para iniciar a higienização do gato, conforme o tempo que citamos acima, é uma recomendação para que o felino acostume desde bebê às boas práticas de higiene.

No entanto, o tutor pode ajudar este momento a ser mais tranquilo para o pet, que é conhecido por não gostar de água. Veja essas dicas!

Utilize água morna: a sensação de água fria é muito desagradável para os felinos, mesmo em dias de verão. Por este motivo, esquente um pouco a água para dar banho no seu gato filhote.

Durante a ducha, deixe a temperatura da água confortável. Uma dica é mergulhar a mão e contar dez segundos. Se ela não queimar, a temperatura está ideal para o banho do felino.

Cuidado com as orelhas: dar banho em gato filhote requer cuidados com as orelhas, pois se a água entrar por elas, pode causar inflamação.

Use produtos apropriados para pets: essa é uma recomendação muito importante para o banho dos gatos filhotes. Esses produtos são desenvolvidos por especialistas, com substâncias seguras. Não é indicado que o tutor use produtos desenvolvidos para os humanos, pois eles podem causar problemas dermatológicos e irritações. Compre produtos que vão facilitar a hora do banho e deixá-la mais tranquila.

Seque bem o filhote: esse passo é importante para evitar sérios problemas de pele. Então, depois do banho, deixe o gato bem sequinho.

Quer saber mais sobre cuidados com os gatos e qual a ração adequada? Veja essas matérias que separamos para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário