Como cuidar das plantas no calor

7 de janeiro de 2021

Jardinagem
Protegendo plantas no calor

Se você adora ter a casa bem verde, mas fica chateado sempre que a temperatura começa a subir porque suas plantinhas não resistem, nós podemos ajudar! Neste artigo vamos contar tudo o que você precisa saber para cuidar bem das suas plantas no calor e mantê-las bonitas o ano todo.

Pronto para começar?

Sombra (ou sol) e água fresca para plantas no calor

Acertar a frequência e a quantidade de água, de sombra e de sol (ou de luminosidade indireta) que são necessárias para cada tipo de planta pode ser desafiador! Enquanto no verão muitas plantas morrem secas, outras tantas morrem afogadas, literalmente, em regas excessivas ou realizadas em horários inadequados. É isso mesmo! Até o horário da rega das plantas deve ser pensado para evitar esse tipo de problema. Mas, vamos com calma!

O primeiro passo é pesquisar sobre a plantinha em questão. Algumas são bastante resistentes às mudanças de temperatura, enquanto outras são muito frágeis. Há aquelas, ainda, que não podem sequer tomar vento, pois suas folhas se danificam muito facilmente. Você não precisa se tornar botânico para cuidar bem das plantas no calor, mas é bom procurar saber um pouco sobre a espécie que deseja cultivar para se certificar de que está oferecendo tudo o que ela precisa.

Outra dica importante é usar os acessórios adequados.

Como saber se a planta precisa ser regada

Regar plantas no calor
Evite fazer as regas na hora mais quente do dia. prefira o início da manhã ou a noite.

Um truque bastante eficaz para saber se a plantinha está precisando receber água é colocar o dedo na terra, um pouco abaixo da superfície, e verificar se está fria e úmida. Se estiver, tudo certo. Sua plantinha não está com sede. Mas se a terra estiver quente, seca e quebradiça, está passando da hora de regar.

Nesses casos, cuidado para não exagerar: cada tipo de planta e cada tamanho de vaso precisa de um volume de água diferente mas, de maneira geral, você pode colocar pequenas quantidades, aos poucos, observando se há escape de água no prato da planta e como está a absorção na superfície.

Caso você perceba que a terra está úmida, mas as folhas estão bem secas, com aparência de esturricadas por conta do calor excessivo, use um pulverizador para aplicar pequenos jatos de água na planta.

Fique atento, também, para terras compactadas demais pelo excesso de umidade, pois as plantas precisam que a terra esteja arejada para se desenvolverem bem. Nos casos em que a terra está encharcada, talvez seja melhor retirar a planta do vaso e misturar a terra que está molhada demais com um pouco de terra seca, buscando evitar que sua planta morra afogada.

Antes do amanhecer ou depois do pôr do sol

Você lembra que falamos, logo no começo, sobre a importância do horário da rega das plantas? Pois, então, fazer isso no auge do calor do dia pode parecer uma boa ideia, já que nós tendemos a ingerir mais água quando estamos com mais calor. 

Para as plantas, no entanto, isso pode ser uma sentença de morte: com o excesso de calor acumulado na terra, as raízes podem “cozinhar”, fazendo com que sua plantinha morra ou fique bem debilitada. Por isso, espere o sol baixar e a temperatura amenizar um pouco antes de começar a molhar suas amiguinhas verdes. Se preferir, você pode fazer isso bem cedinho também, mas se morar em uma cidade que costuma atingir 35 °C às 7 h 30, por exemplo, é melhor deixar para o fim do dia mesmo.

Pragas e outros inconvenientes de plantas no calor

Existem mil e um tipos de pragas que podem atacar as plantas, mesmo aquelas que são cultivadas em áreas internas, como apartamentos. Por isso, fique atento ao menor sinal de que algo não está bem com suas plantinhas, como folhas murchas ou amareladas, com pintinhas brancas e pequenos insetos. Se uma planta ficar doente, isole-a das demais até finalizar o tratamento, para evitar que a infestação se alastre.

Além disso, remova galhinhos partidos, folhas secas e outras coisas que possam vir a abafar o solo, tornando mais difícil para as raízes respirarem. Você pode colocar enfeites e adereços que tornem os seus vasos de planta ainda mais bonitos, se quiser. Só evite o exagero pois, como em tudo na vida, o que é demais acaba atrapalhando.

Gostou dessas dicas sobre plantinhas? Leia mais sobre jardinagem em nosso blog: