Fertilizante: como fornecer nutrientes para a planta

Compartilhar:


mulher colocando fertilizante na planta

As plantas precisam que seus nutrientes estejam em dia, por isso o uso de fertilizante é um hábito que precisa estar na rotina de cuidados com os vasos da casa. São cerca de 17 nutrientes importantes para as plantas, mas alguns se destacam, e é sobre eles que vamos falar hoje, além de como mantê-los em dia.

Conheça as vantagens de usar fertilizantes nas suas plantinhas e como esses produtos auxiliam no desenvolvimento e manutenção dos vasos.

O que é fertilizante?

Enquanto na natureza as plantas conseguem os nutrientes que precisam de diversas formas, como pela chuva, decomposição de animais e via insetos, nos vasos, a história é outra. É por isso que um jardim caseiro precisa de fertilizante, fórmulas modernas e desenvolvidas especialmente para devolver os nutrientes que as plantinhas necessitam.

No geral, são três macronutrientes que se destacam, o nitrogênio, responsável pelo desenvolvimento dos caules e raízes, além da saudabilidade das folhagens; o fósforo, que auxilia na absorção de nutrientes pela raiz e estimula a floração em conjunto com a resistência da planta.

Por fim, o potássio é fundamental para fortalecer as folhas e caules, impedindo que pragas apareçam com frequência. No mais, ainda são importantes outros micronutrientes, como cálcio, ferro, cobre, manganês e zinco.

De quanto em quanto tempo devo fertilizar as plantas?

Todo fertilizante contempla no verso da sua embalagem o passo a passo para utilizar o produto da melhor forma possível. Alguns são específicos para administração mensal, em outros casos, o período pode ser mais longo.

Como usar fertilizante líquido?

como usar fertilizante na planta

Conhecido por sua praticidade, o fertilizante já vem pronto para ser aplicado na terra, pode ser tanto via uma tampinha ou spray, depende do produto. Uma das soluções mais usadas é o NPK, que como o próprio nome diz, é composto por nitrogênio, fósforo e potássio, os três principais macronutrientes.

Os diferentes tipos de fertilizante 

Além da versão líquida, hoje já estão disponíveis outros fertilizantes para plantas, como potinhos de pó solúvel, pastilha, concentrado e granulado. E mais, determinadas fórmulas são pensadas para cada tipo de planta, ou seja, tem fertilizante para floração, para cactos e suculentas, para samambaias e outras espécies mais comuns em casas.

A quantidade e frequência de cada fertilizante é sempre indicada pelo fabricante no verso da embalagem, então não há dificuldade, pelo contrário, facilita o processo para a pessoa jardineira. 

E se você já se perguntou o que significa todos aqueles números expostos no produto, vamos te contar! Aquelas sequências de número nada mais são que a quantidade percentual de cada macronutriente presente na fórmula, sendo que a ordem única é nitrogênio, fósforo e potássio.

Como manter minhas plantinhas saudáveis?

É claro que além do fertilizante, outros componentes dos vasos são importantes, como investir em um substrato de qualidade, realizar a drenagem na base com argila expandida ou pedriscos, por exemplo, manter a plantinha hidratada e combater fungos e doenças, se necessário.

A arte da jardinagem é sinônimo de terapia, afinal, são vários detalhes, alguns mais difíceis, dependendo da espécie, mas outros práticos e fáceis de seguir. E vamos combinar, é uma delícia ver a plantinha ganhar vida e florescer.

Agora, aproveite para ler mais sobre jardinagem no nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário