Flores pequenas: saiba como escolher e cuidar

Compartilhar:


flores pequenas

Flores pequenas trazem charme e delicadeza para o ambiente, deixando-o mais bonito e super agradável. Saber cuidar delas é ótimo para o meio ambiente, para a decoração de casas e para o seu próprio bem-estar.

Porém, por falta de conhecimento, nem todo mundo sabe realizar essa tarefa da maneira correta. Neste artigo você ficará por dentro de tudo!

Principais tipos de flores pequenas

A origem das flores Botão-de-ouro é brasileira, elas são pequenas e solitárias, junto de uma folhagem bonita e compacta, com folhas de coloração verde clara.

O Botão-de-ouro é adequado para a formação de bordaduras, canteiros e maciços, além de poder ser cultivada em jardineiras e vasos.

Outra flor comum é a Primavera, ou Buganville. Ela é uma trepadeira de florescimento grandioso. Tem pequenas flores de coloração amarelo-creme, envolvidas por brácteas róseas.

É importante saber que ela pode ser usada como arbusto, cerca viva, arvoreta ou enfeite de pérgolas e caramanchões. 

A Margarida é uma flor delicada e popular. Isso porque ela tem pétalas alongadas e delgadas contornando o botão central, dourado ou amarelo.

Suas folhas são ovais e seu caule é comprido, podendo alcançar até 1 metro de altura, quando cultivado no jardim. É importante ressaltar que suas flores pequenas aparecem duas vezes por ano, durante o verão e outono.

Como cuidar desse tipo de flor

flores pequenas

Para cultivar as flores de uma forma positiva, é importante ter um solo fértil, que pode ser preparado com adubos químicos ou orgânicos.

Saiba que essas flores necessitam de água para sobreviver, mas o excesso acaba sendo prejudicial. 

As flores pequenas vendidas em vaso precisam de mais nutrientes, visando que elas estão condicionadas nesse formato durante toda a jornada de crescimento.

É muito importante lembrar que a adubação nutricional siga as orientações contidas na embalagem dos produtos, pois seu uso em abundância pode acabar fazendo mal para as flores.

Entretanto, a Begônia não tolera água em excesso. Então, não use pratinho no vaso.

Já as Violetas gostam que o pratinho tenha água, desde que não seja uma quantidade exagerada, é claro.

Outro ponto importante é estar sempre atento ao crescimento das flores pequenas, porque elas podem precisar de mais espaço para se desenvolver de maneira bonita e saudável.

Acompanhe sempre se o tamanho do vaso está adequado e, caso note que o recipiente está começando a rachar ou que as raízes estão saindo da terra, é hora de trocá-lo.

Características importantes das flores pequenas

Ainda falando das Violetas, uma das flores pequenas mais comuns e fáceis de encontrar, ela gosta muito de sol, pois consegue se adaptar em ambientes totalmente iluminados.

Ela se adapta melhor em janela de alumínio, já que são perfeitas para florescer de modo vibrante, além de ficarem lindas no jardim.

Quer saber mais sobre flores é que é a ideal para sua casa? Confira os posts no blog da Cobasi:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário