Como emagrecer um gato obeso?

31 de março de 2021

Gatos, Saúde e Cuidados
Gato obeso

Ter um gato obeso em casa pode ser muito fofo, mas é ainda mais perigoso. Junto com a carinha redonda, a barriguinha avantajada e o andar desengonçado, também chegam as doenças decorrentes da obesidade, o sedentarismo e a redução na expectativa de vida.

Apesar de ser mais comum em gatos idosos, a obesidade felina também acomete gatos jovens. Continue a leitura e saiba como identificar se o seu gato é obeso e como fazer ele perder alguns quilinhos.

Como saber se seu gato está obeso?

Gato obeso com comida
Aumentar a ingestão de alimentos é um dos indicativos de obesidade.

O primeiro passo para seu pet emagrecer, é descobrir se realmente ele tem sobrepeso. É possível sim ter um gato gordo que não é obeso. Os felinos domésticos podem ter muita pele na região abdominal e isso os faz parecer gordinhos.

Para saber se o gato é obeso, o indicado é leva-lo ao médico veterinário. No entanto, existem algumas pistas que você pode avaliar. Primeiro observe o seu pet. Ele está mais pesado e com aspecto rechonchudo? Quando você pega ele no colo, ele está mais pesado? Além do excesso de pele, o gato está com gordura sobrando? Verifique também se as costelas dele estão aparentes passando a mão na região.

Além das indicações físicas, você deve observar o comportamento dele. O gato obeso come mais, é sedentário e possui menos mobilidade. Se seu gato já não escala os móveis com tanta facilidade e anda muito preguiçoso, é hora de avaliar se ele não precisa de uma dieta!

Como cuidar de gato obeso?

Brinquedos, arranhadores e torres são ótimos para estimular a atividade física.

O primeiro passo para cuidar de um gato obeso é levá-lo ao veterinário. O médico avaliará o animal clinicamente e solicitará exames, caso seja necessário. A partir daí o veterinário poderá indicar uma ração medicamentosa para obesidade, montar uma rotina de exercícios ou até incluir medicamentos para o pet. Uma possibilidade é investigar doenças que podem causar o ganho de peso, além de males decorrentes dele.

Se seu gato não está obeso e você quer que ele continue assim, separamos algumas dicas para você seguir a partir de agora:

  • Ofereça a quantidade de ração exata indicada na embalagem do alimento;
  • Evite petiscos em excesso e nada de alimentos humanos;
  • Faça a gatificação da sua casa e tenha arranhador, torre, brinquedos, lugares para ele subir e itens para ele gastar energia;
  • Brinque com ele! Gatos adoram uma boa brincadeira. Além de divertir, ele ainda vai manter o peso adequado.

Qual o peso ideal para o gato?

O peso ideal de um gato varia e muito! Existem gatos que peso 2 ou 3 quilos e outros que chegam até os 20 kg! Por isso, o peso é só um dos indicativos para saber se o gato está obeso ou com sobrepeso.

Problemas que um gato obeso pode ter

O grande problema da obesidade em gatos é que ela está associada com outras doenças. Por causa disso, ela reduz a expectativa de vida do bichinho e faz ele perder muita qualidade.

Gatos obesos possuem menos mobilidade e, por isso, deixam de fazer exercícios físicos e se distrair. Eles também dormem mais e ficam constantemente cansados. A resistência é reduzida nas estações mais quentes. Os quilinhos a mais também são um problema caso o animal precise passar por uma cirurgia. A anestesia pode ser perigosa para esses animais.

Assim como os humanos acima do peso, a diabetes, a hipertensão e o colesterol alto são doenças comuns no gato obeso. Dores musculares, nos ligamentos e articulações também podem acontecer devido ao peso excessivo.

Veja mais sobre obesidade pet no vídeo do canal da Cobasi no YouTube:

Agora você já sabe que se o seu gato seja obeso é muito importante levar ele ao veterinário para iniciar uma dieta e um plano de exercícios. Quer mais dicas de saúde para gatos. Confira os nossos posts: