Qual a melhor guia para cachorro? Conheça os principais modelos

Compartilhar:


Guia para cachorro de porte médio

Passear com o cão é uma das atividades mais proveitosas! Além de trazer inúmeros benefícios para a saúde, ajuda a fortalecer os laços entre tutor e pet. Em vista disso, para que os passeios sejam seguros e tranquilos, é importante contar com a coleira e a guia para cachorro.

Você sabe a diferença entre os dois? Qual escolher e como fazer o cão se acostumar com os acessórios? Confira as dicas da Cobasi e garanta uma saída divertida!

Para que serve a guia para cachorro?

A guia para cachorro é o grande auxiliar do tutor durante passeios externos. Isso porque o acessório liga a coleira do cão à mão de quem está passeando com ele.

Sair com o pet é um momento de descontração, importante para o fortalecimento da saúde do seu animal de estimação. Sabia que a atividade faz bem à saúde física e mental? Além de evitar estresse e melhorar a disposição, evita problemas, como obesidade e até mesmo doenças cardiovasculares.

Portanto, para que o passeio seja ainda mais proveitoso para o tutor e seu pet, conte com uma guia para cachorro, uma coleira ou um peitoral confortáveis.

Como escolher a melhor para meu animal?

Guia para cachorro

Existem diversos modelos de guia para cachorro. Geralmente, elas são feitas em nylon, algodão e couro.

Na hora de escolher a guia ideal para o seu bichinho, além de observar o material principal, verifique o tamanho da peça e o formato do mosquetão. Assim, você garante um acessório confortável e compatível com o modelo da coleira.

Também é fundamental levar em consideração o porte do cão, o peso, a força, o comportamento dele e o formato do pegador da guia.

Os dois tipos de guia para cachorro mais comuns são:

  • Guia retrátil: possui sistema de trava. Ou seja, a guia aumenta e diminui de tamanho, quando o tutor quiser. Elas garantem conforto e liberdade para seu bichinho brincar com facilidade, sem se enroscar. Contudo, costuma ser usada em cães pequenos e médios, fáceis de conduzir.
  • Guia longa ou comum: não é tão grande quanto a guia retrátil, mas mesmo assim é muito confortável para o animal, além de ajudar a manter o passeio controlado. Pode ser usada por cachorros de pequeno a grande porte.

Guias mais curtas devem ser usadas por cães de grande porte, assim fica mais fácil controlá-lo enquanto estiver por perto.

Mas, se você praticar algum exercício com o pet, como corrida ou andar de skate, prefira modelos longos, pois evitam acidentes e facilitam o movimento, tanto do tutor, quanto do cachorro.

Como colocar guia no cachorro?

Animais que recusam o uso da coleira e da guia para cachorro devem ser acostumados através do adestramento de reforço positivo. Ou seja, sempre associe o uso a algo bom.

Por exemplo, quando o cão colocar a coleira, ofereça um biscoito. Então, aumente a frequência de passeios conforme o comportamento do pet melhorar.

Não force o animal. Com paciência e amor seu pet vai se acostumar e se divertir ainda mais com você!

Gostou das dicas? Então, continue no blog da Cobasi:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário