Manta para cachorro: como escolher a melhor?

Compartilhar:


manta a aposta certa para uma boa soneca

O melhor amigo de Charlie Brown, a estrela dos quadrinhos ao lado do cãozinho Snoopy, é provavelmente o maior defensor do poder terapêutico e afetivo da manta: seu nome é Linus e ele nunca larga o seu cobertorzinho. Se nossos pets pudessem falar eles certamente dariam razão a Linus. Afinal, quem tem um bichinho em casa sabe que eles adoram uma mantinha. 

Aliás, a natureza tem muitas regras que se repetem nas mais diferentes situações. Sempre é possível achar alguma semelhança entre nós e os outros animais, mas se existe um fenômeno em que nós nos parecemos muito é na hora de dormir. As melhores sonecas acontecem quando temos conforto e segurança.

Manta para cachorro serve para quê?

Apesar de úteis, as mantas não são exatamente um item de primeira necessidade quando você vive em um lugar quente e o seu bichinho já tem camadas naturais de proteção contra o frio. Porém, se eles são muito pequenos, muito magros, muito novos ou têm poucos pelos, temperaturas baixas podem ser perigosas ou incômodas. 

Por isso não tenha medo de escolher a melhor manta para seu gato ou cachorro. Afinal, eles também adoram o conforto gostoso de um cobertor fofinho e quentinho. Como as mantas existem nos mais variados tamanhos, cores e texturas, elas podem ser usadas até para dar um toque especial na decoração. Basta combiná-las com sofás, pufes, cadeiras e almofadas. Você e seu bichinho vão amar.

A manta ideal

cachorro deitado sobre manta

Para escolher a manta ideal, assim como a caminha para seu amigo, use o bom senso e o bom gosto. Existem alguns critérios que podem ajudar na decisão. Se o seu bichinho solta muito pelo ou tem problemas respiratórios talvez seja melhor uma manta menos felpuda.

Ou se você vive com animais mais gordinhos e peludos o ideal são mantas que não prendem tanto calor. No fim, basta optar por uma que seja bonita o suficiente para agregar valor ao ambiente e adequada às especificidades de seu pet. 

Cuidados com a manta

Uma grande vantagem das mantas é serem simples e práticas. A maioria delas pode ir direto na máquina de lavar. Se a manta estiver com o cheiro muito forte deixe-a de molho em uma solução de vinagre branco, água e álcool por algumas horas. Depois é só lavar normalmente. Mas atenção: alguns bichinhos são muito sensíveis a odores e produtos químicos, então dê preferência aos sanitizantes anti-alergênicos e suaves.

Não se esqueça, se você descobrir pulgas ou carrapatos em seu pet é muito provável que descubra também nos lugares onde ele dorme. Por isso atenção redobrada na higienização das mantas caso seu bichinho esteja se coçando além do normal.

Quando o calor é demais

gato deitado no sofá coberto com manta

Para quem vive em regiões muito quentes talvez o melhor seja trocar a manta por um tapete gelado. Esses tapetes vêm com um gel especial que diminui a temperatura em até 5ºC. Não é exatamente o cobertorzinho do Linus, mas também deixa tudo mais confortável!

Quer conhecer outras maneiras de agradar seus bichinhos? Acompanhe nosso blog!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário