Paisagismo residencial: saiba mais sobre a tendência

Compartilhar:


Saiba mais sobre paisagismo residencial

Uma tendência que está super em alta hoje em dia é a de ter plantas em casa! O paisagismo residencial está sendo cada vez mais procurado, e é um hobby que valoriza demais os ambientes internos. Isto porque as plantas, além de fazerem você se aproximar da natureza dentro da sua própria casa, também são capazes de melhorar a qualidade do ar e deixar os cômodos mais verdes, bonitos e aconchegantes.

Mas elas exigem cuidados, adubação, e é preciso se atentar às condições ideais de luz e umidade, para que elas possam crescer e se desenvolver em ambientes internos. Mas não se preocupe! Algumas plantas são extremamente pacientes com os “pais de primeira viagem”. Então, se você for iniciante, seguem algumas dicas que serão úteis para você!

Quais são as melhores plantas para o paisagismo residencial?

Para o paisagismo residencial, principalmente em cômodos internos, é preciso adquirir plantas que sejam resistentes, se adaptem bem aos ambientes domésticos, e que não tenham a necessidade de muita manutenção. Sendo assim, as mais populares e queridinhas são: Jibóias, Cactos, Suculentas, Espadas São Jorge, Costelas de Adão, Samambaias, Babosas, entre outras.

Com que frequência devo regar a minha planta?

Cada planta tem uma necessidade de água específica, mas tem um jeitinho de saber se a sua amiguinha está precisando ser hidratada. Com o dedo, verifique se a terra está muito seca. Caso esteja, é hora de regar! Se a terra ainda estiver úmida e o vaso em que ela se encontra for pequeno, ela ainda pode esperar mais um pouco para ser regada. Lembrando que exagerar na quantidade de água pode “afogar” a raiz, matando a planta por falta de oxigênio.

Qual a luminosidade correta para o paisagismo residencial?

Saiba mais sobre paisagismo residencial

Sendo que estamos falando sobre as plantas mais indicadas para o paisagismo residencial e que são capazes de viver bem dentro de casa, não é recomendado que elas sejam expostas à luz direta do Sol. Apesar disso, o ideal é que todas as plantas recebam uma iluminação natural, ficando perto de janelas ou simplesmente em cômodos claros. 

Qual o tamanho do vaso ideal?

Novamente, isso varia de planta para planta. Conforme a sua amiguinha for crescendo, é sempre importante movê-la para um vaso maior. Caso você não faça isso, ela não irá se desenvolver apropriadamente por causa da falta de espaço. Então, verifique se as raízes estão começando a sair do vaso. Se estiverem, é sinal de que a planta precisa de um recipiente maior.

É necessário higienizar minhas plantas?

Poucas pessoas prestam atenção a este cuidado, mas sim, é necessário! O acúmulo de poeira e sujeira nas folhas dificulta muito o processo de fotossíntese. Sendo assim, é necessário limpar as plantas com um paninho molhado com água e sabão neutro. Além de deixá-la limpinha, também fará muito bem à ela!

Ao seguir essas dicas básicas de paisagismo residencial, as suas plantinhas com certeza irão se desenvolver muito bem dentro de sua casa, trazendo um lindo espaço verde e muita vida ao ambiente! Aos poucos, você será capaz de cuidar perfeitamente bem de suas plantinhas, e irá perceber o quanto esse hobby pode ser relaxante!

Gostou deste conteúdo? Confira também:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário