Conheça os tipos de fertilizante e entenda as suas funções

Compartilhar:


Você sabe quais são os tipos de fertilizante? Essenciais para as plantas, o seu uso não é restrito somente na agricultura. Pelo contrário, o fertilizante pode ser utilizado diretamente na horta de sua casa. Quer entender melhor sobre o tema? 

Venha conhecer mais sobre os tipos de fertilizante, acompanhe o post! 

​Fertilizante

Substâncias orgânicas ou minerais, naturais ou sintéticas, os fertilizantes fornecem nutrientes para o bom desenvolvimento das plantas. Quando nos referimos a eles, falamos também de sustentabilidade: melhoram a autonomia do plantio (com economia de insumos e maior rendimento), são seguros e ajudam a produzir alimentos para milhões de pessoas. 

Atualmente, as práticas de fertilização são responsáveis por metade dos ganhos de produtividade obtidos nas culturas.

Macro e micronutrientes

Assim com os nutrientes naturais, todo fertilizante é quimicamente composto por dois grupos: macronutrientes e micronutrientes. Para que você entenda melhor, apresentaremos abaixo suas definições: 

Os macronutrientes são aqueles que as plantas mais necessitam, possuindo funções estruturais fundamentais. Garantem o desenvolvimento das plantas e participam de vários momentos, desde os processos iniciais de germinação até os de reprodução.Como destaque, temos:

  • Nitrogênio: fundamental para as proteínas, auxiliam na geração das flores e frutas;
  • Potássio: auxilia na troca de gases e permite a transpiração;
  • Fósforo: fornece energia e no desenvolvimento de novas estruturas;
  • Cálcio: transporta os materiais e o crescimento radicular;
  • Magnésio: formador da clorofila, que garante a fotossíntese;
  • Enxofre: representa diversos componentes das células.

Já os micronutrientes têm funções reguladoras e fazem parte das enzimas, sendo necessários em menores quantidades. São eles:

  • Ferro: auxilia na fotossíntese;
  • Manganês: também ajuda no desempenho da fotossíntese;
  • Cobre: permite a formação de sementes;
  • Boro: representa o processo de divisão celular;
  • Zinco: auxilia na reprodução;
  • Cloro: melhora a fotossíntese e o controle de temperatura;
  • Molibdênio: estimula a proteína através dos aminoácidos.

Quais são os tipos de fertilizante?

Vale explicar que há diversas formas de fertilizante. Por isso, é fundamental conhecer os tipos de fertilizante e suas características, facilitando a escolha do produto que seja mais adequado para a sua horta. Confira: 

Fertilizante orgânico

Conhecido como o primeiro adubo utilizado na agricultura. Formado por materiais de origem animal (ossos) e vegetais (cascas e folhas), seja moídos ou decompostos. Existe uma grande variedade de opções, como o húmus de minhoca, farinha de ossos, esterco animal, vinhaça, biofertilizantes, entre outros.

Fertilizante mineral

O fertilizante mineral, também chamado como inorgânico ou sintético, é um dos mais comuns e pode ser preparado por processos industriais. Basicamente é constituído de nitrogênio, fósforo e potássio (adubo NPK) e possui rápida absorção da planta.

Fertilizante organomineral

Como o próprio nome revela, origina-se da mistura de adubo orgânico e mineral. A sua capacidade de solubilização nas plantas é média, estando entre os fertilizantes orgânico (pouco solúvel) e mineral (muito solúvel). 

É uma ótima opção para o emprego de resíduos orgânicos em certas atividades. Fora isso, equilibra o PH do solo e mantém sua porosidade próxima do ideal.

Biofertilizante

São fertilizantes orgânicos líquidos, formados por meio da adição de água em uma mistura de materiais orgânicos, como terra, resíduos vegetais, açúcar, amido de mandioca, entre outros. 

O produto atingido é rico em nutrientes, hormônios e microrganismos fundamentais ao sol. Além disso, são práticos de serem produzidos e possuem ótimo preenchimento para a adubação tradicional. 

Agora que você já conhece os principais tipos de fertilizante, saiba mais sobre jardinagem em outros posts de nosso blog: 

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário