Conheça os cuidados com o gato no outono

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
Cuidados com o gato no outono

As estações vão mudando e, muitas vezes, não prestamos atenção em como isso impacta nos nossos gatinhos. As baixas temperaturas e o ar mais seco podem provocar diversas situações desagradáveis com o seu gato no outono, mas que podem ser evitadas.

Quer saber como? Vem com a gente que vamos explicar!

Os perigos do sobrepeso

Friozinho, cama aconchegante, sensação de preguiça… Tudo isso dá muita vontade de comer uma coisa gostosa! Quem nunca, não é mesmo? Os gatos não são diferentes e, além da vontade de comer, eles realmente precisam ingerir mais alimentos durante o período do outono.

O segredo aqui é buscar o equilíbrio para evitar que o seu gato chegue ao final do outono obeso: ofereça proteínas, vitaminas, minerais e até gordura extra durante esse período, pois isso é importante para atender às necessidades do organismo do felino, mas tome cuidado para não exagerar e acabar com um gatinho obeso que vai precisar de outros cuidados no futuro.

Consulte o médico veterinário e verifique a melhor maneira de prosseguir com a alimentação do seu felino durante o outono. Ele é o profissional mais indicado para orientar sobre quantidade, frequência e tipo de alimento, de acordo com a idade, o porte e a fase da vida do seu gato.

Cuidados com o gato no outono para pelos bonitos e saudáveis

Para pelos bonitos e saudáveis, cuidados diários

A escovação dos pelos de um gato já deve fazer parte da rotina de cuidados com o animal em qualquer época do ano. No outono esse cuidado precisa ser redobrado, pois contribui com o crescimento dos pelos grossos que vão proteger seu peludo nos dias mais frios.

Se o gato tiver pelo curto, uma vez por dia é o bastante. Se for do tipo que tem pelo longo, é preciso escovar duas vezes por dia, todos os dias, prevenindo também a formação de nós, que além de incômodos podem ser muito dolorosos.

Cuidados com o gato no outono: parasitas, uma ameaça constante

Faça chuva ou faça sol, os parasitas não descansam. Estão sempre à espreita, aguardando um momento de descuido para se instalar no gato e causar um monte de problemas. Por isso, mantenha os antiparasitários em dia, evitando intervalos inadequados entre uma dose e outra.

Se você utiliza medicamentos que devem ser ministrados uma vez a cada 30 dias, por exemplo, siga o calendário à risca. Às vezes o atraso de uma semana já é o bastante para essas pragas se instalarem e fazerem um grande estrago na saúde do seu bichano.

Cuidados com o gato no outono: frio e umidade, nem pensar

Frio e umidade, nem pensar

Gatos podem se resfriar tanto quanto qualquer outro animal, então é preciso redobrar a atenção no período do outono. O dia está bonito e ensolarado e de repente a temperatura despenca! A consequência pode ser uma gripe ou até bronquite.

Para evitar, um dos principais cuidados com o gato no outono é manter tanto o corpo do bichano quanto os lugares onde ele deita, dorme, come e brinca completamente secos, além de bem limpinhos. 

Capriche nos locais onde o gato costuma dormir para mantê-los bem quentinhos, colocando cobertores, de materiais naturais, e garanta que o arranhador está sempre à disposição, para entreter o gato e proteger os móveis da casa.

Vale lembrar que, caso você tenha mais de um gato, cada um deve ter seu próprio arranhador. Assim você evita brigas e disputas que podem gerar tensão no ambiente.

Vem com a gente saber mais sobre gatos com esses artigos em nosso blog:

Compartilhar:

Tags:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário