Husky Siberiano: Tudo que você precisa saber sobre a raça

Compartilhar:


Husky siberiano

O Husky Siberiano é um cachorro encantador. Apesar de sua cara intimidadora que lembra um lobo cinzento, o Husky é um cão muito bem humorado, alegre e cheio de energia, e bota energia nesse cachorro! Quer aprender mais sobre ele? Então continue lendo o artigo.

Origem do Husky Siberiano

O Husky Siberiano é um cachorro originário da Ásia, muito encontrado na região da Rússia, por isso, é muito comum ver eles brincando na neve ou em piscinas de gelo

Por ser um cachorro proveniente de um clima frio, ele possui uma grossa camada de pelos, que age como um casaco, protegendo o animal das baixas temperaturas.

O animal se dá muito bem com pessoas. Além de muito trabalhador, é muito energético, por isso foi muito utilizado como um cão de trenó.

A raça foi criada com um animal para transporte, carregando cargas e pessoas. Isso colaborou ainda mais para sua vontade de trabalhar e seu comportamento ao lidar com pessoas. 

Tudo isso permitiu que as viagens fossem realizadas cada vez mais rápidas, transportando medicamentos, alimentos e pessoas de um ponto a outro com mais facilidade, de forma que o cachorro conseguisse colaborar com sua tribo e sobreviver. 

Eles eram integrantes do povo Chukchi, por isso estavam sempre em contato com pessoas. Isso colaborou com o seu bom comportamento, companheirismo, sociabilidade e aceitação em viver em grupos, com pessoas e animais.

O reconhecimento da raça pelo American Kennel Club ocorreu em 1925, quando cães da raça percorreram quase 600 km para levar medicamentos aos habitantes locais durante uma epidemia de difteria no inverno. 

Com isso, uma viagem que deveria levar cerca de 25 dias, levou menos de uma semana e fez com que o Husky Siberiano fosse considerado um herói. 

Principais características do animal

O husky siberiano é um cachorro de porte médio, podendo pesar de 17 a 27 kg e medir até 60 cm de altura. Ele pode apresentar uma variação de pelos entre preto e branco, sendo comumente encontrado em tons acinzentados, branco, branco e preto, mesclado em marrom, amarelo e preto, cinza, vermelho e preto.  

São cachorros muito energéticos, animados e arteiros, por isso, se dão muito bem em casas grandes, com quintal e um espaço considerável para o cachorro. Contudo, também podem se dar bem em apartamentos, mas precisam praticar atividades físicas para gastar suas energias

Dóceis, amorosos e bem humorados

Os Huskys são animais muito bem humorados, dóceis, animados, alegres, sociáveis, se dão muito bem com crianças, idosos e com outros animais. Eles adoram brincar e adoram estar na companhia de seus tutores. 

São cachorros que gostam de aventura. Por serem energéticos, precisam de muitas atividades físicas e ao ar livre. 

No entanto, a raça tem o hábito de fugir, o que demanda muito cuidado e atenção dos tutores. Eles não são cachorros muito barulhentos e apesar de agitados, são cães que latem pouco, mas tem o hábito de uivar

Cuidados e saúde do Husky Siberiano

husky adulto

Por ser um cachorro agitado, o Husky é um cachorro que precisa de bastante espaço para viver de maneira confortável, brincar e correr. 

Além disso, exigem uma alimentação rica em qualidade e nutrientes, por isso as rações super premium são as mais indicadas na hora de cuidar deste cachorro.

Os petiscos também devem ser de qualidade super premium e podem ser oferecidos como aliados durante o treinamento e aprendizagem. 

A pelagem deste cachorro necessita de uma escovação frequente. Para retirar os pelos mortos, a escova furminator pode ser uma ótima opção. Ela possui tecnologias capazes de ajudar a liberar os óleos naturais da pele do cão, provendo uma pelagem mais bonita e hidratada, além de retirar a sujeira do subpelo. 

Uma das maneiras de ajudar o cachorro a lidar com a agitação, é oferecendo a ele brinquedos interativos. Eles ajudam o pet a se manter entretido e trabalham de forma que o cão não se sinta entediado. 

O Husky Siberiano, de modo geral é um cachorro muito saudável. No entanto, podem ter doenças hereditárias. A raça pode ser acometida pela displasia de quadril e por doenças oculares. 

Neste caso, o melhor a fazer é promover um acompanhamento veterinário frequente. É importante garantir que a saúde do pet esteja sempre em dia, e que ao surgimento de alguma doença, a mesma seja diagnosticada e tratada de forma precoce. 

Gostou de saber mais sobre o Husky? Acesse nosso Guia de Raças e conheça outras raças de cães.

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. JOSIMAR MOTA disse:

    Parabéns pelas explicações, amei ter essas informações do meu cachorrinho.

Deixe o seu comentário