Gengivite em cachorro: o que fazer?

Compartilhar:


gengivite em cachorro

A gengivite em cachorro é uma doença muito comum. Ela acontece quando placas bacterianas se acumulam nos dentes, irritando a gengiva – com grandes chances de causar sangramentos, dores e inflamação. Mas, fique tranquilo, a doença tem um tratamento simples e, quanto mais cedo iniciá-lo, menores as chances de complicações que podem comprometer a saúde do seu pet.

Então, se perceber que o seu cachorro está com sintomas de gengivite, é hora de procurar um veterinário. Continue lendo para aprender mais sobre a doença.

A boca dos pets não é um lugar que os tutores costumam ter fácil acesso. Os bichinhos podem ser bem ariscos e se irritar com as tentativas de aproximação. Mas, com um pouquinho de atenção ao dia a dia do animal você vai conseguir perceber alguns dos sintomas mais comuns da inflamação da gengiva.

Mau Hálito

O mau hálito quase sempre é indicativo de algum problema na saúde bucal dos pets. Ele é também um dos sintomas da inflamação da gengiva. Por isso, se o seu cachorro apresentar um hálito ruim, procure um veterinário.

Dificuldade na alimentação

A gengiva inflamada pode comprometer a mastigação do pet. Como a região fica sensível e dolorida, muitas vezes o animal não consegue mastigar direito os alimentos. A tendência é que ele coma menos e com uma baixa de nutrientes, pode contrair outras doenças além da gengivite.

Vermelhidão e sangramento

A vermelhidão e o inchaço na gengiva também são indicativos bem fortes de uma inflamação na região. Por vezes, por ser acompanhada por sangramentos, estes se tornam sintomas são determinantes para alarmar os tutores de que uma ida ao veterinário se faz necessária.

O maior aliado da saúde bucal dos pets é a escovação periódica dos dentes! Essa pode não ser uma tarefa fácil, visto que alguns animais fazem jogo duro para abrir a boca. Mas, com a escova ideal, você pode tornar a experiência mais confortável para o seu pet. 

Para ajudar na prevenção, você pode também usar brinquedos e oferecer ossinhos, petiscos e produtos especiais que ajudam no combate da placa bacteriana. Outra forma de prevenir problemas bucais no seu pet é escolhendo uma alimentação de qualidade e balanceada. Dessa forma, seu animal vai ter dentes saudáveis e uma imunidade ótima para enfrentar outras possíveis doenças. 

gengivite em cachorro sendo examinado

A gengivite tem tratamento e, quanto mais rápido você procurar o veterinário, por menos tempo o seu pet sofre e menores são as chances da situação se agravar. 

Os tratamentos variam de acordo com o grau de complicação da doença, e podem incluir a escovação, limpeza, remédios para gengivite em animais e, em casos mais graves, a extração de dentes.

Apesar do tratamento simples, o processo da gengivite acontece de forma gradual. Aos poucos, a estrutura da gengiva do seu pet vai sendo destruída. Se não for tratada a tempo, pode evoluir para doenças mais graves, atingindo a circulação sanguínea. Ao perceber os primeiros sintomas no seu pet, procure um veterinário.

E agora, qual assunto pet você gostaria de ler? Veja os conteúdos que selecionamos para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário