Conheça 5 tipos de pedras para jardim e saiba qual é a melhor para você

Compartilhar:


Para além das plantas, a criação de um jardim depende também de outros componentes que oferecem melhor distribuição do espaço, além de contribuir com a decoração do ambiente. As pedras para jardim são um exemplo disso. Elas são um item super versátil e de bom preço, que tem perfeita harmonia com as plantas e ainda servem como uma proteção que mantém a terra úmida por mais tempo, além de garantir local ainda mais natural. 

Graças a sua variedade de cores e formatos no mercado, pode ser bastante divertido escolher qual é o tipo que melhor se adéqua ao espaço, principalmente em relação a disponibilidade de espaço. Veja alguns tipos! 

Dolomita branca

Essa é uma das mais tradicionais pedras utilizadas em vasos e jardins – tanto internos como em externos. Além disso, a Dolomita Branca pode ser encontrada em diferentes formatos e tamanhos e é composta por carbonato de cálcio e magnésio. 

Nos jardins, além de maior proteção ao solo, eles colaboram de diferentes maneiras com a estética. Isto é, sua colocação predominantemente branca são boas opções para quem busca montar um ambiente mais calmo e tranquilo, ótimo para meditação e relaxamento da mente.

Mármore: uma ótima opção de pedras para jardim

A pedra de mármore dispensa apresentações prévias. Elas são conhecidas por conta da elegância e decoração que oferece nos ambientes. Tanto que elas também podem ser empregadas na composição de móveis e entre outros utensílios residenciais.

Já para os jardins, por exemplo,  é comum que elas sejam destinadas em criação de trilhas sob o solo para evitar que pisemos diretamente no jardim. Para um estilo rústico, é indicado pedras cortadas em tamanhos diversos que, inclusive, podem ser reutilizadas em casos de descarte. 

Argila expandida: outra ótima opção de pedras para o jardim

Embora não seja natural, ou seja, retirada diretamente da natureza como os demais modelos de pedra, a argila expandida é constantemente presente quando o tema são pedras para jardim. Isso ocorre por dois principais motivos, sendo:

  • Decoração: o seu contraste rústico é tido como uma ótima opção para ambientes como jardins, onde elas colaboram com a estética do local;
  • Drenagem: a argila expandida são ótimas opções tanto em vasos e jardins por que são excelentes materiais para contribuir com a drenagem das plantas. 
  • Cuidado com o solo: ainda como uma grande aliada dos jardins, essa pedra oferece uma proteção natural ao solo, assegurando a qualidade dos adubos. 

Britas

As britas, por sua vez, é uma das mais populares. Elas são constantemente utilizadas também no ramo de construção civil e, por isso, acaba se destacando como uma entre as pedras de melhor custo benefício. 

Cinzas e irregulares, elas são indicadas quando o objetivo é construir um ambiente mais rústico. No solo, elas colaboram também com a proteção do solo e com a umidade das raízes. 

Granito

O granito tem se tornando bem procurado também no ramo de construção civil, principalmente para ser empregado como revestimento graças à sua durabilidade e, claro, beleza estética. Quando direcionados aos jardins, essa pedra também podem ter muitas funções. É comum, por exemplo, ver placas de granito sendo utilizados na criação de caminhos, degraus, e até aparadores em volta de árvores.

Gostou desse post? Leia mais sobre em nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário