Alize e Pipoca

Compartilhar:


Era abril de 2017. Estávamos eu, minha irmã e o namorado dela subindo a Serra da Cantareira para ir para o sítio dele. Quando chegamos lá, encontramos uma cachorra bem magrinha dormindo em um buraco que ela mesma cavou na terra para se esquentar do frio.

Assim que a vimos pulamos do carro na hora para dar carinho e oferecemos comida. Ela ficou tão feliz que não parava de pular na gente, o nome Pipoca não é por acaso rs.

Colocamos a Pipoca para dentro com a ideia de “é só hoje, depois achamos uma família para adota-la” e que claramente falhou.

Descobrimos que ela morava na casa da frente e foi abandona pela família quando eles mudaram de casa. Hoje em dia ela na minha casa comigo, minha irmã e minha mãe e passa os finais de semana no sítio. Quem não fica muito feliz sou eu, porque fico morrendo de saudade.

Em casa ela tem vida de rainha, dorme na cama e escolhe até o que vai comer. No sítio ela brinca de cachorro grande fazendo a ronda da casa antes da minha irmã entrar pra ver se está tudo ok. Mas em todos os cantos é super mimada por todos os avós, tios, tias.

adocao-de-cachorro-blog-cobasi

A gente fala que foi encontro de almas, porque foi bizarra a conexão que eu e minha irmã tivemos com ela. Nunca tinha acontecido isso comigo antes e nunca nem dei muita bola pra esses papos de ligação entre gente e animal, mas a partir desse dia paguei minha língua. Ela me ensinou e me ensina muito todos os dias.

É ela quem muda total o clima da casa, é quem sabe que eu to pra chegar quando ainda to dobrando a esquina e fica toda feliz me esperando entrar pela porta pra pular em cima de mim e me encher de lambidas. Ruim é não ter essa recepção aos finais de semana. Ela é o amor em forma de cachorro e tão inteligente que parece gente.

Esse dia de abril era aniversário do meu cunhado mas o presente para todos! Hoje nossa ligação só cresce a cada dia e eu tenho cada vez mais certeza de que esse encontro era pra ter acontecido.

Alize é colaboradora da Cobasi desde 2018

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

5 Comentários

  1. Sandra disse:

    Olá! !!!!!
    O AMOR de um cachorro é incondicional. ….e o seu anjo peludinho sabe o que é ser grato….Você com o seu belo gesto de compaixão e Amor salvou este serumaninho das ruas e do abandono.Parabéns! !!!! Você é realmente uma pessoa especiallllll…..
    Receber o amor dos nossos peludinhos NAO tem preço! !!!!
    Tudo o que eles querem é somente o Amor de nós seres humanos……Mais infelizmente ainda existem pessoas que tem o CORAÇÃO e a alma habitadas com a semente do Mal…fazendo as piores atrocidades com esses peludinhos…..
    Graças a Deus você é uma pessoa que faz a diferença neste planeta …..
    E VIVA O AMOR !!!!❤????❤????❤????❤????❤????????????????????????

  2. Andréia disse:

    História linda de amor e superação. Parabéns Alize e família

  3. Jorge disse:

    Doa-se duas cachorrinhas gemeas, castradas, vacinadas com V-10 e raiva, 6 meses, bem cuidadas, para pessoas que realmente gosta de animais.
    Fone, whatsapp 946313605

Deixe o seu comentário