Como garantir bem-estar animal para meu pet?

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
Cachorro bege feliz, característica do bem-estar animal

A qualidade de vida e o bem-estar animal são fundamentais para que seu pet tenha dias saudáveis e cheios de diversão. Tutores responsáveis sabem o quão importante é compreender as necessidades do companheiro, de acordo com suas características e hábitos.

Ter um bichinho saudável, feliz e vigoroso, é o que torna o cotidiano mais leve e alegre. Por isso, aprenda como garantir as saúdes física, mental e comportamental para seu pet, com o bem-estar animal.

O que é bem-estar animal?

O termo bem-estar animal foi definido em 1986, pelo biólogo inglês, Donald Broom. Na prática, a expressão significa oferecer aos bichinhos condições ideais que atendam suas necessidades básicas e melhorem sua saúde em todos os níveis.

As condições ideais para cada pet são definidas como “cinco liberdades animais”.

  • Liberdade psicológica
  • Comportamental
  • Liberdade nutricional
  • Liberdade ambiental
  • Sanitária

As liberdades definidas pelo bem-estar animal devem ser atribuídas para todos os bichinhos, sejam cachorros, gatos, hamsters, aves, ou qualquer outro pet doméstico.

Seja na hora de adotar um parceiro pela primeira vez, ou trazer uma nova companhia para o seu animal de estimação, é fundamental garantir estas condições para que seu novo amigo cresça feliz!

Como cuidar dos pets em casa da melhor forma?

Gato branco e preto com as patas levantadas, brincando no colo do tutor, que garante seu bem-estar animal

Na prática, o cuidado com bichinhos envolve uma série de fatores. Os tutores precisam estar atentos às respostas dos animais para cada mudança feita em casa, a fim de oferecer o bem-estar animal em todas as suas camadas.

Liberdade psicológica e comportamental

A saúde mental do animal afeta seus comportamentos e hábitos. Por isso, é muito importante não brigar ou gritar com o pet quando ele fizer algo errado. Ao invés de ensinar, atitudes do tipo geram medo. Existem outras maneiras de educar seu bichinho!

Brincadeiras e exercícios físicos são sempre bem-vindos, porque deixam o pet mais feliz e satisfeito. Use brinquedos interativos, coleiras seguras e confortáveis para passear e não se esqueça dos saquinhos higiênicos.

Liberdade ambiental e sanitária

O ambiente do pet e a casa devem ser higienizados com frequência. Assim, é possível evitar a proliferação de micro-organismos nocivos. Comedouros, bebedouros e gaiolas devem ser lavados todos os dias.

A vacinação e a vermifugação do bichinho precisam estar em dia, porque evitam doenças mais graves.

Além disso, a higiene do próprio animal também conta. Portanto, use shampoos e condicionadores apropriados para cada pet. Não se esqueça da saúde bucal! Escove os dentes dos bichinhos para eliminar o tártaro e placas bacteriana.

Vá ao veterinário com frequência! Faça check-ups e consultas de rotina para saber se está tudo bem ou até mesmo precaver possíveis doenças.

Liberdade nutricional

Um médico veterinário poderá recomendar a melhor dieta para seu animal de estimação. Mas, o importante é oferecer rações de qualidade, com nutrientes necessários para cada fase da vida do pet.

Evite alimentos como chocolate, porque fazem mal ao animal e podem causar intoxicação alimentar ou envenenamento.

Acima de tudo, o mais importante é dar amor e carinho ao animal de estimação todos os dias! 

Confira mais posts do blog para cuidar do seu animal de estimação da maneira correta:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário