Pedras brancas na jardinagem e como utilizar cada tipo

Compartilhar:


pedras brancas para jardinagem

As pedras brancas na jardinagem são conhecidas por sua versatilidade e beleza, afinal, destacam as flores e folhagens enquanto deixam o ambiente mais sofisticado. Por existirem tipos diferentes de pedra, é normal ficar na dúvida de qual usar no jardim, por isso vamos explicar melhor sobre a matéria-prima de cada uma e como você pode utilizá-las para compor a decoração.

Se prepare para dar uma repaginada no verde da sua casa, pequenas mudanças podem alegrar o ambiente, ainda mais quando são detalhes fáceis de aplicar. 

Pedras brancas na jardinagem: um clássico elegante

Uma das práticas mais comuns em relação ao paisagismo é utilizar pedras brancas na jardinagem para realçar a beleza das plantas, construir caminhos e também decorar a base de canteiros variados. 

Existem vários motivos para investir nas pedras, um deles vai além da estética, pois são ótimos complementos para garantir que a terra das plantas fique mais tempo molhada. Já dentro de casa, serve de piso para entrar em jardins internos, diminuindo a sujeira na hora da manutenção.

Como montar jardim com pedra branca?

E não pense que existe apenas uma opção, existem várias pedras brancas para jardinagem e você pode escolher aquela que melhor se encaixa no que procura. Sendo assim, conheça as principais e as características de cada uma.

Pedriscos brancos: um ótimo custo-benefício

Essas pedras são perfeitas para jardins internos, principalmente por seu baixo custo. O formato é irregular, rústico, e você pode brincar com a composição para delimitar espaços e criar caminhos. É provável que você já tenha visto elas por aí, pois são usadas em vasinhos de cactos e suculentas não só na cor branca, mas também em outros tons.

Dolomita: maiores e modernas

Se você já caminhou por uma superfície de pedras brancas com um aspecto mais liso e aparência bonita, provavelmente eram dolomitas. Arredondadas e maiores que os seixos, que são pedras comuns nas encostas de rios, elas complementam qualquer ambiente. Uma dica é combinar dolomitas com espécies maiores de plantas, como zamioculca, ciclanto, palmeira-leque e cactos.

Quais os cuidados com pedras brancas na jardinagem?

É normal que as pedras percam seu brilho com o passar dos meses, afinal, o ar está cheio de pó que acaba se depositando sobre elas. Porém, você pode se organizar para fazer a limpeza das pedras de tempos em tempos. Existem produtos específicos que auxiliam no processo para que o branco volte lindo e impecável.  

Inspirações para criar suas combinações!

Por ser de fácil manuseio com ótimo custo-benefício, as pedras brancas na jardinagem são versáteis e uma aposta certeira para criar atmosferas mais elegantes e até mesmo estimulam a sensação de tranquilidade. E para te ajudar, temos algumas ótimas combinações de plantas e pedras para estimular sua criatividade!

Entre os ambientes mais comuns para usar essas pedras estão os jardins de invernos, então se está pensando em criar um na sua casa, pode investir nas pedras brancas sem medo.

Quer repaginar seu jardim? Pense em combinar o branco com formatos diferentes na terra, são essas formas que vão dar um toque moderno para o ambiente. Aliás, você pode criar um caminho de pedriscos ou dolomitas demarcadas e cobrir o resto com outro tipo de pedra.

As dicas você já tem, então basta tirar um tempo para pensar nas mudanças que gostaria de fazer e mãos à obra. Por aqui, temos uma certeza, as pedras vão realçar a beleza das plantas e dar um ar alegre para o seu lar. E se quiser aprender mais sobre casa e jardim, temos mais conteúdo para você no blog Cobasi:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário