Ticianna e Ana

13 de setembro de 2018

Adoção de Animais

Minha história com a Ana (minha Gatinha) iniciou no estacionamento da Loja Imigrantes em maio 2006.

Ana, foi abandonada próximo ao meu carro dentro de uma caixa de papelão.

Lembro-me com detalhes a minha surpresa ao abrir a caixa que estava toda vedada, eu estava indo embora depois de um dia de trabalho. Eu trabalhava na Farmácia como vendedora especializada.

Nesta caixa, além da Ana extremamente assustada havia um bilhete escrito: “Gata não castrada, possivelmente grávida. Filho pequeno, não posso cuidar”. Aquela situação me pegou de surpresa e fiquei sensibilizada, pois a Ana estava extremamente prostrada e demonstrava tristeza profunda devido ao abandono.

Peguei a caixa onde a Ana estava, levei-a até a clínica onde prontamente a Marcia (Veterinária da Clínica – Loja Imigrantes) me ajudou nos primeiros cuidados. No primeiro momento, não tinha condições de ficar com a Ana pois ainda morava com meus pais e já tinha uma cachorrinha que certamente não aceitaria. (Unna – uma pinsher bem brava rs).

Ana, morou por cerca de dois meses na Clínica da Loja mais precisamente na internação até que conseguíssemos um tutor responsável. Todo dia ia visita-la e não entendia porque Ana não era adotada.

gata-ana-adoção-aniversario-cobasi

Aos poucos foi se “soltando” e demonstrou ser dócil, bem carinhosa e “falante” rs

Um dia, convenci meu namorado (hoje meu marido) a conhece-la. Papo vai, papo vem e depois de muita insistência, ele a levou para a casa dele. Meu namorado adotou a Ana!!

Aí nosso elo iniciou e seguimos juntas até hoje.. Ana passou por vários momentos de nossas vidas: nosso casamento, o nascimento do nosso filho, ganhou uma amiga canina (Chanel), mudanças de casa e seguiu sempre companheira e carinhosa. Como é bom retribuir esse amor e nossa família fica mais completa com ela. Hoje entendo que naquele dia eu fui presenteada!!

Ticianna é colaboradora da Cobasi desde 2005