Como saber se o peixe é macho ou fêmea? Descubra!

Compartilhar:


como saber se o peixe é macho ou fêmea

Como saber se o peixe é macho ou fêmea? Essa é uma das principais dúvidas relacionadas a esses animais aquáticos. Colorações, modificações corporais e comportamentos são as principais características para podermos observar e determinar quando um peixe pode ser fêmea ou macho.

Entretanto, as espécies possuem as suas particularidades e por isso, muitas vezes identificar se o seu peixe é macho ou fêmea, pode ser uma atividade um pouco mais complicada. Mas, antes de descobrirmos quais são as principais diferenciações das espécies e como identificar quando um peixe é fêmea ou macho, que tal sabermos por que é tão importante termos essas informações?

Por que saber se o peixe é macho ou fêmea é importante?

Muitas pessoas imaginam que saber se o peixe é fêmea ou macho seja só questão de curiosidade para apelidá-los, mas não é bem assim! Também é um fator importante para garantir a segurança e a compatibilidade entre as espécies no seu aquário

Os peixes machos, por exemplo, carregam a fama de briguentos e por isso, devem viver mais isolados, dependendo da espécie. Por isso e por tantos outros fatores, é fundamental saber todos os detalhes sobre a dimorfismo sexual!

Como saber se um peixe é fêmea ou macho?

Alguns peixes podem apresentar dimorfismo sexual, ou seja, características corporais e comportamentais que diferenciam o macho da fêmea. Algumas espécies, como bettas, espadas, platis, molinésias, lebistes, ciclídeos, entre outras, por exemplo, podem apresentar essas diferenças morfológicas que facilitam a identificação do animal.

Peixe Espada

Os peixes espadas machos, por exemplo, podem ser identificados pela nadadeira caudal mais longa, diferentemente da fêmea, que não possui essa característica física.

Peixe Platis e Molinésias

Os peixes platis e molinésias machos, costumam apresentar a nadadeira anal modificada, característica conhecida como “gonopódio”. É utilizada para  a reprodução e possui um formato mais pontiagudo. Já as fêmeas podem ser reconhecidas por possuir a nadadeira anal em formato de leque.

Peixe Lebistes

Podemos identificar um peixe lebistes macho, quando observamos o seu tamanho. São menores que as fêmeas, porém possuem nadadeiras maiores e mais coloridas.

Peixe Ciclídeo

Alguns peixes da espécie Ciclídeos apresentam uma protuberância na cabeça, chamada de “calo nupcial”, quando são machos. 

Apesar das características que citamos acima, é super importante que você saiba que em algumas espécies de peixes, essas diferenciações podem aparecer somente em períodos de reprodução, ou estar ligados a fatores como estresse, submissão ou nutrição, por exemplo.

Gold fish

Outro peixinho muito famoso é o peixe dourado e eles também podem ser diferenciados com facilidade, no entanto, merecem uma análise um pouco mais aprofundada. 

Os machos possuem um corpo mais esguio e contornado, uma crista na região da barriga e uma linha que vai da região das barbatanas até o ventre. Nas épocas reprodutivas, os machos costumam perseguir as fêmeas. 

As fêmeas possuem a cloaca aparente, seu corpo é levemente maior e mais largo do que o dos machos.

Peixe Tetra

As fêmeas do peixe tetra costumam ser maiores e mais largas, já os machos da espécie, possuem as cores mais vibrantes, corpo estreito e barbatanas mais longas. 

Outra forma de identificar o sexo dos peixes, é ficando de olho em quem colocará os ovos. Eles são peixes gregários, sendo assim, uma boa forma de identificar é colocando vários peixes em um mesmo aquário e observando a formação de pares.

Peixe Kinguio

Esta espécie costuma apresentar características bem sutis entre os machos e fêmeas. As fêmeas costumam ser mais largas e possuem um corpo mais arredondado. Podem apresentar uma barriguinha saliente. Já os machos, apresentam o surgimento dos órgãos de pérola, pequenos pontos na região do opérculo. Possuem o corpo esguio e alongado.

Mais dicas de como saber se o peixe é macho ou fêmea

Outro ponto de destaque nas barbatanas do peixe pode ser fundamental para identificar o sexo. Assim, veja se o peixinho tem barbatanas grandes na região superior. Isso porque é normal que os machos tenham barbatanas tanto dorsal como anal em formato elevado.

Para você que busca como saber se o peixe carpa é masculino ou feminino, fique atento ao seu tamanho. É comum que a carpa fêmea seja maior que o macho, principalmente no período da desova, ficando com o corpo mais avantajado e, inclusive, com o abdome maior que o normal.

como saber se o peixe é macho ou femea

Meu peixe não apresenta essas características! E agora?

Você sabia que muitos peixes também não manifestam o dimorfismo sexual em nenhuma fase de suas vidas? São as chamadas “espécies monomórficas”

Quando o seu peixe não apresenta nenhuma dessas características, a ideal é observar a região localizada entre o ânus e a nadadeira anal para encontrar a papila ou poro genital. Nesse caso, a da fêmea será maior que a do macho. 

Embora essa informação seja bastante útil, trata-se de uma observação um tanto quanto complexa para os iniciantes, por esse motivo, a melhor opção é consultar um especialista onde for adquirir os seus peixes. O profissional será capaz de esclarecer as suas dúvidas e até mesmo fornecer dicas, recomendações e muito mais!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário