Cravo flor: saiba mais sobre a planta

Compartilhar:


cravo flor

O cravo flor é a opção perfeita para compor jardins, graças ao seu fácil cultivo e diversidade de cores. Neste texto, você encontrará todos os detalhes importantes sobre a planta, além de aprender a cuidar corretamente dela.

Principais características do cravo flor

O cravo flor pode alcançar até 1 m de estatura, existindo em mais de 300 espécies diferentes. É um tipo de planta que surge em razão das manipulações genéticas. Ela possui fácil cultivo e um aroma suave, utilizado também para a elaboração de perfumes. Esse é um tipo de flor original da região sulista, apresentando cores como amarelo, branco, roxo e vermelho.

A terra para cultivo deve ter fonte de argila, com a mistura de adubos e de areias. É supercomum que vejamos cravos em lapelas de figuras masculinas de casamentos tradicionais.

Como plantar a flor cravo?

A plantação do cravo não diz respeito apenas ao corte, pois além de ter uma procura ornamental para coroas fúnebres, existe o seu comércio em vasos decorativos e jardins. A flor possui extensa variedade, que se origina dos continentes europeu e asiático. 

Caracteriza-se perene e da classe das Cariofiláceas, mesma família do cravo-bordado e da cravina. Os caules dos craveiros são retos e cheios de ramos, que podem alcançar uma estatura de até 1 m. Suas flores nascem no topo do caule, a contar o cálice em tubo. Ela também conta com 5 pétalas com dobras e bordas em recorte.

Como plantar cravo flor pela semente?

As sementes de cravo podem ser semeadas no local definitivo ou em sementeiras. Coloque-as a meio centímetro de profundidade no solo, para não ter dificuldade de se desenvolver. Com a temperatura amena, as sementes germinam em até três semanas. Assim, as mudas são transplantadas quando atingem de 5 a 8 cm de altura.

Qual o melhor lugar para o cravo?

O cravo flor precisa de muito sol. Dessa forma, você deve manter o cultivo em áreas superiluminadas. Ademais, é importante também que tenha ventilação, porque essa é uma flor que possui sensibilidade à ausência do arejamento. A adaptação nas áreas em que o clima fica entre o temperado e subtropical é perfeita.

Com relação ao adubo, faz-se apenas quando há a necessidade, em prazo de floração. Evitar a utilização de fertilizantes com amônia é essencial e as podas são possíveis com as flores secas, de modo a tornar mais duradoura a floração.

O cultivo da flor mais alta precisa de tutoramento, visando evitar o apodrecimento das plântulas na área do colo. A causa disso são os ataques do solo e de fungos, prolongando o florescer.

O cravo flor, quando cuidado corretamente, deixa o ambiente supermoderno e colorido, dando vida e graciosidade aos ambientes. Dessa maneira, cria um espaço aconchegante para receber visitas, deixar a casa perfumada, e muito mais!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário