Gérbera: flores coloridas para o seu jardim

Compartilhar:


gerbera

A gérbera é uma flor símbolo do amor, sensibilidade e alegria, por isso é tão procurada para presentear, enfeitar ambientes da casa e também para cultivo em jardins e vasos. Além de possuir mais de 20 tonalidades diferentes de flor, ela se adapta bem a climas temperados e até mesmo a solos com poucos nutrientes.

Conheça melhor essa planta ornamental que se destaca por seus tons vibrantes e é uma ótima indicação para fãs da jardinagem que gostam de flores.

Gérbera: delicadas, porém rústicas

A história da gérbera começa na África do Sul, país que foi descoberta pelo naturalista holandês Jan Frederik Gronovius em 1737. De lá para cá, essa flor, que inclusive faz parte da mesma família dos girassóis e margaridas, a Asteraceae, já ganhou espaço nas floriculturas, buquês de decoração e jardins.

Uma das características marcantes dessa espécie é sua haste longa que serve de apoio para as flores, além do miolo que ressalta ainda mais os tons das pétalas.

Como cuidar da planta?

O primeiro passo para cultivar essa espécie em um vaso é prestar atenção no seu solo e na drenagem. Por mais que o plantio seja rústico, isto é, não precisa de extrema dedicação, o certo é investir em uma terra de qualidade e mistura areia no substrato para ajudar a drenar a água.

A adubação pode ser feita com um adubo orgânico ou químico, sendo o último o NPK na proporção 4 – 10 – 8, a indicada para a gérbera.

Por que a gérbera murcha?

Esta é uma planta de fácil cultivo, ou seja, não precisa de cuidados especiais para se desenvolver. Entretanto, é importante entender qual o melhor ambiente para a flor crescer. Sendo assim, tenha em mente que a gérbera gosta de sol, um solo bem drenado e pouca água durante as épocas de inverno.

As folhas murchas podem significar falta de água se a terra estiver dura, principalmente se elas começarem a secar e esfarelar, se necessário, use um borrifador para molhar apenas as folhas. Já nos períodos de baixa temperatura, não deixe acumular líquido no pratinho do vaso.

Como molhar a gerbera?

gérbera no vaso

Antes de tudo, lembre-se que água em excesso faz mal para qualquer planta, independente se ela é fácil de cuidar ou precisa de mais atenção. No caso da gérbera, a rega deve ser feita de duas a três vezes por semana e de preferência na parte da manhã.

Qual o tempo médio de vida da gérbera?

Após o plantio, a floração demora até 2 meses para acontecer e a poda deve ser feita sempre que necessário para retirar folhas e flores mortas. A recomendação é usar uma tesoura de poda, que é específica para o cuidado, assim você não machuca a planta.

Se receber os cuidados básicos, a gérbera estará sempre brotando, com maior facilidade nas estações da primavera e verão, suas favoritas para desabrochar.

A jardinagem é um hobby que ajuda a aliviar o estresse e também estimula a tranquilidade em qualquer casa. É impossível não abrir um sorriso e relaxar em um lugar cheio de plantas e flores. Se você gostou de aprender mais sobre a gérbera, saiba que temos outros conteúdos sobre jardinagem para sua próxima leitura:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário