Lírio laranja: cultive esta flor vibrante

Compartilhar:


Flor Lírio Laranja

Seja para presentear um amigo ou enfeitar a casa o lírio laranja chama atenção pela sua cor vibrante.

Há quem diga que essa planta é mágica e representa fascínio e admiração. Quer saber mais sobre essa flor? Continue a leitura.

De onde vem o lírio laranja?

O lírio laranja tem sua origem na Ásia, por isso também é conhecido como lírio asiático, embora existam mais de 100 espécies de lírios asiáticos, nesta cultura os lírios são considerados símbolos de pureza e proteção contra bruxarias.

É uma planta do gênero Lilium da família Liliaceae, que se caracteriza pelo bulbo sem ramos, caule e as folhas verdes e chegam até a 50 cm de altura. As flores são grandes, com as pétalas curvadas terminando em uma ponta, por isso são ótimas para cultivar em vasos.

As flores começam a desabrochar no inverno e pode ir até o final da primavera. 

Apesar de serem belos os lírios laranjas não possuem um perfume marcante

Além dos lírios asiáticos existem os lírios orientais, com flores maiores e mais perfume e os lírios longuiflorum com flores na cor branca e creme.

Os lírios são uma das flores mais antigas do mundo, sendo visto em pinturas da Grécia Antiga, que era dedicado a deusa Hera.

Como cuidar de um lírio laranja?

Flores Lírios Laranjas

O substrato do lírio laranja deve ser rico em nutrientes e úmido, mas nunca encharcado, pois o acúmulo de água leva ao apodrecimento do bulbo, então a rega é em média de 2 a 3 vezes por semana.

Também não é recomendável usar pratos embaixo do vaso, para evitar o acúmulo de água.

Mesmo que precisem de sol ele não deve receber exposição direta, por isso é aconselhável deixar essa planta tomar sol no período da manhã e no fim da tarde, em  temperaturas moderadas.

Para manter o seu lírio laranja vibrante por mais tempo você deve fazer a poda de manutenção durante a floração, em que você corta as flores secas, mantendo dois terços do caule.

Se quiser reviver o seu lírio você pode tentar o seguinte passo a passo:

  1. Rege o vaso por 3 meses após a morte das flores
  2. Depois espere o caule secar completamente
  3. Após secos retire os bulbos da terra
  4. Coloque-os em um saco plástico dentro da geladeira no local das verduras e reserve por 4 meses
  5. Retire os bulbos da geladeira e os plante novamente
  6. Mantenha o vaso em local fresco e arejado por 10 dias
  7. Caso os brotos surjam leve-o para um local bem iluminado
  8. Regue sempre que o substrato estiver seco
  9. Entre 2 ou 3 meses novas flores nascerão

Porém, esta técnica não é infalível.

O lírio laranja é venenoso?

Os lírios no geral são tóxicos, principalmente para gatos e humanos, isso porque eles contêm licorina, um composto químico venenoso que se consumido em exagero pode causar até a morte.

Os sintomas de intoxicação por ingestão são dores de barriga, tontura, desmaios, calafrios, salivação excessiva, vômitos e diarreia.

Nos gatos a intoxicação por lírios pode causar falência no fígado se não tratada rapidamente.

Por isso é fundamental que os vasos fiquem fora do alcance de crianças e animais de estimação e caso haja suspeita de ingestão, procure atendimento médico imediatamente.

Quer aprender mais sobre os lírios e outras flores? Basta acessar os links abaixo:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário