Personalidade do Shih-tzu: conheça tudo sobre

Compartilhar:


personalidade do Shih-Tzu

A personalidade do Shih-Tzu é uma dúvida muito comum em milhares de tutores que desejam criar esta raça. Não diferente de outros animais, é possível notar traços do comportamento deste pet desde cedo, logo nos primeiros dias de vida do pet.

É claro que a personalidade dos cães pode variar de cachorro para cachorro, mesmo sendo da mesma raça. Mas, de modo geral, o shih-tzu não costuma dar muitos problemas, além de serem muito afetuosos e carismáticos

Continue lendo para conhecer e se apaixonar ainda mais por esse cachorrinho, pequeno por fora, mas com uma grande personalidade!

Personalidade do Shih-Tzu: um amigo amoroso e fiel

Apesar dos Shih-Tzu terem uma história digna, real e majestosa, eles não são animais arrogantes ou metidos, pelo contrário, esses cães são donos de uma personalidade incrível!

Cheios de elegância, mas com simplicidade, o shih-tzu é um cão atencioso, afetuoso, companheiro, brincalhão e cheio de graça. São cachorros muito inteligentes e adoram aprender.

Embora eles possam ser cães desconfiados no começo, especialmente com pessoas desconhecidas, eles não são cães chatos e arrogantes, podemos dizer que eles são ligeiramente tímidos nos primeiros encontros. 

Entretanto, se dão muito bem com todos os membros da família, desde as crianças até os idosos. Esses cães também se dão bem com outros animais, inclusive com gatos e podem se tornar um ótimo companheiro para quem mora sozinho. 

Eles são muito carinhosos e apegados aos tutores, tão apegados, que detestam ficar sozinhos e com isso, podem acabar desenvolvendo problemas psicológicos como depressão e ansiedade.  

Sendo assim, eles são indicados para tutores que tenham tempo para se dedicar ao pet, dar amor, carinho e atenção em tempo integral. E não é para menos, ele não sairá do seu lado o dia todo.  

Caso contrário, para garantir que o pet se sinta bem e não fique carente, é importante garantir diversão e distração para ele. Uma boa dica nesse caso, é usar os brinquedos educativos para ajudar o cachorro a lidar com a separação.

Além disso, o shih-tzu é um cão que se adapta muito facilmente, se dá muito bem em casas maiores ou apartamentos. Eles não exigem muitas atividades físicas e apesar de serem brincalhões, não são tão energéticos.

Cachorro Shih Tzu

Cuidados básicos com a raça

Apesar de não serem cães que dão muito trabalho, por ter a pelagem longa, necessitam de escovações frequentes para evitar embaraços e retirar a pelagem morta. 

Por fim, os banhos são fundamentais para a saúde do pet, mas devem ser realizados apenas com produtos indicados para animais. Além disso, devido ao tamanho dos pêlos, eles precisam de usar condicionadores e hidratantes. 

É fundamental realizar uma tosa frequente, especialmente na região das patas, focinho e na região íntima. No entanto, a tosa completa não é indicada, uma vez que ela pode eliminar a camada de pelos que regula a temperatura corporal do pet. 

A alimentação deste pet deve ser composta por uma ração de qualidade super premium, específica para a raça ou para cães de pequeno porte. Não se esqueça de deixar água limpa e fresca sempre à disposição

Shih-tzu costuma fazer muito barulho?

Ao olhar um cachorro de porte pequeno, é comum associarmos a latidos e barulho, afinal, os pequenos têm a fama de serem mais barulhentos. 

Mas com o shih-tzu não é assim! Eles são péssimos cães de guarda, afinal, eles são muito amorosos e mesmo que desconfiem das pessoas de início, eles fazem amizades rapidamente

Por isso, eles não têm a tendência a latir, exceto quando querem avisar ou pedir algo. Além disso, eles também não são cachorros com o hábito de uivar

Sendo assim, a menos que ele tenha problemas com socialização, dificilmente você ouvirá muitos sons vindo dele!

Conheça origens e curiosidades sobre o Shih-Tzu

Originário do Tibete, o Shih-tzu é uma raça muito antiga e com alguns traços considerados sagrados

A ração é tão antiga, que embora suas origens não sejam muito claras, há indícios da figura desses cães em imagens e tapeçarias que datam de mais de 2 mil anos. 

Ao que tudo indica, esse cachorro sagrado foi desenvolvido a partir de monges tibetanos e doados como presente a imperadores da China. 

Seu nome, faz menção aos leões sagrados chineses e significa “pequeno leão”. Apesar de originários no Tibete, foi na China que a raça se estabeleceu

Segundo a história, esses cães viviam em palácios, isolados de outras raças. Durante a dinastia Ming e Menchú, esses cães eram exclusivos das côrte real, não poderiam ser vistos fora do palácio, caso contrário, seu tutor poderia ser condenado à morte

Às vezes os cães eram levados dentro das roupas das mulheres, diferente de outros cães, que eram usados para caça ou guarda, os Shih-Tzu tiveram uma função um tanto quanto diferenciada: eram utilizados como aquecedores de pés dos imperadores

Com o passar dos anos, a raça começou a se popularizar, chegando a fazer parte da nobreza inglesa e holandesa. Até finalmente se tornar um cão popular e habitar os lares da América. 

Viu como eles são cachorros incríveis? Então Acesse nosso Guia de Raças e veja outras raças de cachorro para se apaixonar!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário