O que fazer quando o cachorro não quer comer ração?

29 de março de 2021

Cachorros
cachorro não quer comer ração

Existem cães que aceitam todos os alimentos e outros mais seletivos. O que devemos fazer quando o cachorro não quer comer ração?

A alimentação adequada é muito importante para garantir saúde, qualidade de vida e longevidade aos nossos amigos peludos. No entanto, existem situações em que o cachorro não quer comer ração, o que acaba deixando seus tutores preocupados. 

As razões para o cachorro estar com falta de apetite podem ser diversas, desde um problema com a própria ração até uma doença séria. Que tal conhecermos alguns motivos que fazem o cachorro não querer comer ração?!

Por que o cachorro não quer comer ração?

Notar que o cachorro tem se alimentado menos do que o comum ou simplesmente não está comendo, é de causar preocupação em qualquer tutor. Mas existem alguns motivos que podem explicar o motivo pelo qual os animais perdem o apetite.

O primeiro é quando o cachorro não quer comer ração porque enjoou do sabor. Isso mesmo! Alguns cães podem simplesmente parar de aceitar o alimento que comeram toda a vida. Outro caso comum é o tutor mudar o alimento e o pet não se adaptar.

Nesses casos, a solução é substituir o alimento. Indicamos a utilização de rações Super Premium pois, além de mais nutritivas e completas, elas também são mais palatáveis. Isso faz com que sejam mais aceitas pelos peludos.

A ração é boa e ele adora, mas parou de comer? A comida pode não estar fresca. Muitos cachorros não gostam de comer a mesma ração que está parada no pote por horas. Isso porque elas podem acabar perdendo o sabor, o aroma e até mesmo a textura, o que torna a ração muito menos atrativa

Além disso, caso a ração não seja armazenada adequadamente, ela também pode murchar e se tornar menos atraente para o pet. Por isso, é importante conservar o alimento da melhor forma para garantir maior frescor e durabilidade, os potes para armazenamento podem ser ótimas opções. Outra dica interessante, é oferecer a ração em quantidades adequadas a cada alimentação, dessa forma não sobra ração no comedouro

Outros motivos para o cachorro recusar a ração

O problema pode não ser necessariamente a ração. Até mudanças climáticas podem alterar o apetite do pet.

Nos dias muito quentes é comum perdermos o apetite, com os cachorros acontece a mesma coisa. Nas épocas mais quentes do ano é comum que o animal se alimente de forma reduzida. Além disso, ele pode simplesmente não se sentir a vontade para comer. Por isso, ofereça a comida nos horários mais agradáveis, como de manhã cedo ou no fim da tarde e noite. 

Outro motivo é comportamental. Quando o cachorro está com seu estado emocional abalado, é comum ele perder o apetite. Isso pode acontecer quando ele se sente estressado, ansioso, com medo ou deprimido. Nesses casos, é importante compreender o que está causando o problema no animal e tratar.

Ao menor sinal de doença é possível perceber que o cachorro perde o apetite. Em alguns casos, pode ser que o cachorro esteja apenas com algum problema gastrointestinal, como gases ou prisão de ventre.

No entanto, ao notar que o cachorro está muito tempo sem comer ou está emitindo algum outro sinal, leve-o imediatamente ao veterinário para uma avaliação. 

Cachorro não quer comer ração, isso pode causar problemas?

cachorro com verminose

É através da alimentação que conquistamos uma das nossas maiores fontes de energia, com os animais funciona da mesma forma. Uma dieta rica em vitaminas e nutrientes garante ao animal uma boa saúde, energia, pelos bonitos e fortes e muito alegria. 

Por isso, quando o cachorro para de se alimentar adequadamente, é importante investigar o que pode estar acontecendo. A falta de nutrição adequada pode indicar que algo não vai bem com o pet, além disso, pode acarretar em diversos outros problemas, como desnutrição, anemia, falta de crescimento, hipoglicemia e fraqueza. 

Algumas doenças como gastrite, torção estomacal, vermes e parasitas intestinais, obstrução intestinal e babesiose podem causar a falta de apetite. Fique sempre atento aos sintomas que seu cachorro demonstra. 

Gostou desta publicação? Leia mais sobre cachorros em nosso blog: