Quantas horas os cachorros dormem diariamente?

Compartilhar:


cachorro cochilando em cima da almofada
Acha que seu pet está dormindo demais?

Dormir é mesmo uma maravilha, né? É a hora que o nosso corpo descansa para mais um dia. Com os pets, isso não é diferente. Já chegou a se perguntar quantas horas os cachorros dormem por dia?

Esse é um questionamento bem comum, principalmente quando os tutores desconfiam que o seu cachorro dorme demais. 

Os pets mais preguiçosos acabam dormindo por muitas horas, inclusive, durante o dia. Já os mais enérgicos, poucas, assim como nós, humanos. Mas será que existe um período exato de sono para os animais?

Quanto tempo os cachorros dormem?

Essa é, realmente, uma pergunta que não tem uma resposta exata. Você já deve ter percebido, por exemplo, que os cães recém-nascidos dormem mais que os adultos. 

Aos 40 dias de vida, é comum que um cachorro durma até 14 horas por dia. Já os mais adultos podem variar de 8 a 12 horas. À medida que os cachorros tornam-se idosos, esse período também tende a aumentar. Ou seja, a dúvida “quantas horas os cachorros dormem” deve observar a fase do animal.

Vale ressaltar que isso não é uma regra. Pode variar conforme a raça e, claro, a personalidade do pet.

Existem os cães mais atléticos e dispostos que se mantém satisfeitos com poucas horas de sono, bem como os mais preguiçosos, que adoram uma sonequinha.

Mas e quando o cachorro dorme demais?

Ao identificar, porém, que o seu pet tem dormido mais que o normal, é importante começar observar qual pode ser o motivo disso.

Claro que, após um dia de muito agito ou de grandes atividades físicas, é comum que o cão esteja mais cansado. Assim como quando ele está um pouco doente.

No entanto, a apatia e a indisposição podem representar alguma doença. Nesses casos, a visita ao veterinário é sempre uma ótima opção. Ele poderá identificar rapidamente o que isso representa.

E quando o cachorro não dorme?

Na mesma medida em que o sono demasiado pode ser um sinal de alerta, a falta dele também é. Esse sintoma pode estar associado, por exemplo, a:

  • Irritabilidade;
  • Estresse;
  • Alimentação inadequada;
  • Aumento do cortisol sérico, entre outros.

Sendo assim, também é indicado a procura do veterinário, para ele compreender o que está levando o pet a ter insônia. 

pet filhote cochilando
Cachorros recém-nascidos tendem a dormir mais

O que pode ajudar o pet a ter uma boa noite de sono?

Se a intenção é ajudar o seu amigão a ter um sono de qualidade, é ideal considerar os mesmos pontos que nos leva a dormir bem. Entre eles:

  • Conforto: nada ajuda mais em uma boa noite de sono como um ambiente confortável, né? Sendo assim, garanta o conforto do seu animal de estimação. Forneça para ele uma caminha gostosa, em um cantinho harmônico;
  • Alimentação: uma alimentação desregulada e de má qualidade pode prejudicar o sono do seu pet. Por isso, proporcione a ele uma ração boa, rica em nutrientes e que colabore com a sua saúde. 
  • Atividade física: os exercícios liberam hormônios de bem-estar e satisfação no cérebro do animal. Assegure a ele uma rotina rica em brincadeiras e passeios. Assim, será mais fácil que ele descanse bem e, claro, retome as energias para o dia seguinte.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário