Tipos de cabides: qual o melhor para cada tipo de roupa?

Compartilhar:


Tipos de cabides: qual o melhor para cada tipo de roupa?

Os tipos de cabides disponíveis atualmente no mercado são muitos e podem se adaptar a todos os bolsos, gostos e estilos. Mas você sabe a diferença entre eles? E, além disso, conhece os modelos específicos para algumas peças de roupa?

Pensando nisso, neste artigo vamos falar sobre tipos de cabides para roupas, o que considerar no momento da compra e muito mais! Então vem com a gente conferir!

Tipos de cabides: quais são os principais?

Tipos de cabides: quais são os principais tipos?

Existem muitos formatos diferentes de cabide, desde os maiores e mais amplos, que acomodam bem paletós, até os pequenos e bem fininhos, que costumam ser muito utilizados pelas lavanderias profissionais.

A primeira diferenciação que podemos fazer entre eles considera o material de fabricação, que pode ser madeira, plástico, acrílico, metal e veludo. Veja, a seguir, as principais características de cada um deles e a recomendação de uso.

Cabide de madeira

Cabide de madeira

Bonitos, duráveis e de boa qualidade, costumam passar de pai para filho de tão resistentes que são. Isso porque esse tipo de cabide acomoda muito bem as chamadas peças estruturadas, como paletós, jaquetas, camisas sociais e blusas de botão.

O ponto baixo é o espaço que costumam ocupar no guarda-roupa, já que costumam ser maiores e mais largos do que os modelos de plástico e metal. Por serem pesados, é preciso ficar de olho para não sobrecarregar a arara de roupas.

Cabide de plástico

Cabide de plástico

Baratos e fáceis de encontrar, costumam ser vendidos em kits com três, seis e até doze peças. São leves e fininhos, o que economiza bastante espaço no armário, mas com isso também suportam menos peso.

Assim, dependendo da qualidade do plástico, pode ser que ele quebre ou deforme com o tempo. Por isso, opte por esse modelo para peças bem leves, como camisetas e blusinhas de alça.

Cabide de acrílico

Semelhantes aos cabides de plástico, as peças de acrílico dão um charme a mais no visual do guarda-roupa. Podem ser um pouco mais grossos e não costumam deformar, mas podem quebrar caso caiam no chão. São boas escolhas para todo tipo de roupa feita de tecidos que não escorregam, especialmente as mais leves.

Cabides de metal

Cabides de metal

Os cabides de metal e de arame encapado são tradicionalmente utilizados pelas lavanderias profissionais. Ambos são leves, fininhos e bastante versáteis, mas é preciso ficar atento.

Enquanto os cabides de arame podem deformar caso a roupa pendurada seja muito pesada e enferrujar ao longo do tempo, os de metal são muito mais resistentes e ficam anos no armário sem aparentar nenhum desgaste.

O ponto negativo é que as roupas costumam escorregar, deixando o armário com aspecto bagunçado e confuso. Pode valer a pena para calças, bermudas e camisas comuns, que possam ser dobradas sobre ele.

Cabides de veludo

O modelo queridinho das blogueiras vem ganhando cada vez mais adeptos, e os motivos são ótimos. Apesar de ser um pouco mais caro do que os demais materiais, os cabides revestidos de veludo são duráveis, bonitos e seguram até mesmo os tecidos mais escorregadios.

Tome cuidado apenas para não utilizá-los com roupas molhadas, colocando no varal para secar, por exemplo. O veludo pode soltar tinta e flocos, manchando a sua roupa.

Cabides especiais

Existem modelos específicos de cabide para pendurar algumas peças de roupa. É o caso dos cabides com dois ou três andares para calças, com presilhas para saias e com furinhos, para gravatas e lenços.

Você pode utilizar os cabides com vários ganchinhos para pendurar cintos. Há até quem os utilize para colares, pulseiras e afins.

Qual é o melhor tipo de cabide?

O cabide ideal depende do espaço que você tem disponível no armário, da quantidade de roupas e do tipo de cada peça. Se você tiver possibilidade de escolher, padronize os cabides do seu armário para economizar espaço e criar harmonia e funcionalidade.

Uma boa opção é combinar tipos de cabides de acordo com as roupas que você possui, deixando-os agrupados por tipo. Assim, além de preservar as peças, você ainda mantém o guarda-roupa bem arrumadinho.

Dicas práticas sobre tipos de cabides para roupas

Dicas práticas sobre tipos de cabides para roupas

Como dissemos, o melhor tipo de cabide depende da roupa que você deseja pendurar. Ainda assim, existem algumas boas práticas que você pode adotar para preservar suas peças e os cabides também.

  • Ao pendurar roupas sociais, como paletós e camisas de botão, confira a estrutura do cabide e veja se ela encaixa bem nos ombros da peça.
  • Peças longas, como vestidos e blusas de linha, podem deformar quando penduradas no cabide por conta do peso da própria roupa. Distribua o peso dos vestidos em dois cabides e guarde as blusas de lã dobradas em uma gaveta ou prateleira.
  • Pendure em cabides as blusas de gola, como as camisas do tipo polo, para preservar o formato da peça.
  • Não coloque mais de uma peça no mesmo cabide. Além de amassá-las, isso dificulta a visualização das roupas disponíveis.
  • Pendure todos os cabides com o gancho para o mesmo lado, de preferência virado para o fundo do armário, facilitando a colocação e retirada das peças.

Então, gostou das nossas dicas? Na Cobasi você encontra os melhores itens para cuidar bem do seu pet e da sua casa e tudo o que precisa para continuar investindo na organização do seu lar!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário