Cachorro d’água: o que é e como se prevenir desse inseto

Compartilhar:


cachorro-d'água

Você sabe o que é cachorro d’água? Estamos falando de um inseto que possui diversos nomes populares, como paquinha de jardim, grilo toupeira, cachorrinho da terra, entre outros que você deve ter ouvido por aí. Eles são da mesma família dos grilos e dos gafanhotos, e são reconhecidos por causarem grandes danos em jardins e locais de cultivo. 

O cachorro d’água possui patas dianteiras chamadas de fossoriais, que são como pás adaptadas para andar, cavar túneis e galerias profundas no solo para se abrigarem e terem acesso às raízes das plantas, local em que se alimentam. Já as patas posteriores ficam na função de saltar, porém é raro vê-los fazendo isso. 

Características do cachorro d’água e o que ele causa

Os cachorros d’água são cavadores super eficientes, têm um corpo alongado e podem chegar a 5 cm de comprimento. Ou seja, estamos falando de um inseto robusto, coberto com pelos castanhos, longas antenas e asas que são do tipo tégmina.

Esses insetos têm hábitos noturnos e se aproveitam desses momentos para se alimentar nos jardins com matéria orgânica, como raízes, insetos, brotações. Como resultado disso, o maior dano que eles podem causar aos gramados são os túneis cavados por toda parte, responsáveis por expor e fragilizar as raízes do gramado, que seca e acaba morrendo em determinadas áreas.  

Como mantê-lo longe do seu jardim

Muitos ficam preocupadas com a possibilidade de uma infestação de cachorros d’água nos jardins, afinal esses insetos podem acabar com o sonho florido de muitos.

Em primeiro lugar, para manter-se prevenido é necessário reduzir as regas no jardim consideravelmente ou melhorar a drenagem da água. Como resultado disso, as fêmeas do cachorro d’água acabam procurando locais mais úmidos para fazer a desova e seu jardim fica protegido. 

Quer evitar esse inseto no seu jardim residencial? Encharque o espaço infestado com água e detergente neutro, preferencialmente à noite para que a mistura não afete as plantas durante o período de sol. Em casos de grande infestação de cachorros d’água, com muitos insetos saindo por buracos, é indispensável o uso de inseticidas próprios para conter o problema.

Cuide do seu jardim frequentemente

Para manter o seu jardim lindo, florido e longe do cachorro d’água e de outros insetos indesejáveis, é essencial estar sempre atento aos cuidados diários com as suas plantas, flores, árvores, etc. Além disso, não deixe de podar as plantas, fique sempre atento com as ervas daninhas e não se esqueça de adubar as vezes.

Manter-se sempre informado sobre como cuidar de cada uma das espécies de plantas, entender como deve ser feita a irrigação, entre outros cuidados, são fatores importantes para um bom cultivo. 

Pensando em te ajudar nessa missão, separamos algumas dicas de ouro para deixar seu jardim sempre bem cuidado. Confira a seguir: 

Por Cobasi

Compartilhar:

Tags:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário