Cachorro entediado: Saiba o que fazer

Compartilhar:


cachorro entediado

Todo tutor gosta de ver seu pet feliz e cheio de energia. Por isso, os casos de cachorro entediado podem ser um grande problema para os tutores. Você sabe o que fazer nessas situações? Para te ajudar, listamos algumas dicas que auxiliam a identificar o problema, além de mostrar as principais soluções para deixar seu amigo peludo ainda mais feliz.

Como identificar casos de cachorro entediado?

Como a rotina dos tutores pode ser muito corrida, muitas vezes o trabalho consome toda a energia, e você pode até acabar esquecendo de levar o cachorro para passear ou esquecer de dar a atenção que ele precisa para não se sentir sozinho. 

Por isso, nesses casos em que você pode perceber o cachorro entediado, é comum que ele apresente diversos sintomas. Com pequenas observações, você consegue notar se o seu pet está feliz ou não. 

Notar alguns comportamentos destrutivos, como, por exemplo, sofás e outros móveis mastigados, é uma forma de saber se seu cachorro está com tédio. Além disso, veja se ele está comendo coisas, destruindo itens como papel higiênico, móveis e almofadas. Se o cachorro estiver muito quieto e triste, você pode saber que ele está entediado. 

Isso porque essas condutas são uma forma de reproduzir aquilo que o cachorro faria em um ambiente externo ou na natureza. Ou seja, essa é uma maneira dele se divertir com os recursos mais fáceis que tem. 

Você também tem outras formas simples para conseguir descobrir se seu amigo de quatro patas está entediado. Mas para isso, é necessário ficar atento ao comportamento dele. Alguns sintomas típicos são:

  • dormir demais;
  • comer muito ou perder o apetite;
  • latidos frequentes ou choro compulsivo;
  • falta de interesse;
  • carência insaciável;
  • comportamento compulsivo, como lamber-se, correr em círculos e morder as patas.
cachorro entediado

Como ajudar um cachorro entediado

Para deixar seu cachorro entediado feliz, o importante é dar muita atenção ao pet e levá-lo para passear. Com a rotina corrida nem sempre é possível levar o pet para passear todos os dias, mas é importante tentar fazer caminhadas regulares junto com ele.

Além disso, os cães são extremamente sociáveis, por isso é fundamental que eles interajam com outros pets, pessoas e até mesmo em ambientes diferentes. Essas distrações também são formas de gastar a energia do cachorro.

Contudo, quando o seu pet precisar ficar sozinho, você pode investir em brinquedos com o intuito de distrair o cachorro. Os brinquedos são ótimos para fazer o pet interagir e brincar cada vez mais. 

Você também pode optar por enriquecer o ambiente. Uma forma de fazer isso é deixar petiscos e brinquedos escondidos para que o cachorro procure. Além disso, escolher atividades prazerosas e saudáveis para fazer com ele também é extremamente recomendável.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário