Cachorro pode comer graviola? Descubra!

Compartilhar:


Cachorro pode comer graviola? Descubra!

Se você quer saber se cachorro pode comer graviola, nós vamos te ajudar a descobrir. É bem verdade que existem frutas e outros alimentos naturais que não são próprios para o consumo dos cães. Isso pode acontecer pela presença de componentes tóxicos presentes na composição, por exemplo.

Por isso, o melhor a fazer antes de oferecer qualquer alimento diferente da ração para o seu cachorro é conversar com o médico veterinário que faz acompanhamento regular do seu pet.

Especificamente sobre dar graviola para cachorro, vamos conversar um pouco a respeito do tema mais durante esse artigo. Vem com a gente!

Cachorro pode comer graviola com segurança?

Cachorro pode comer graviola com segurança?

De maneira geral, sim, a graviola é uma das frutas que o seu cachorro pode consumir. Como de costume, sugerimos que você escolha frutas orgânicas sempre que for possível, e que faça uma boa higiene antes de oferecê-las aos cães.

Remova a casca e as sementes, e corte a polpa da fruta em pedaços pequenos, para evitar que o cachorro engasgue. Tome bastante cuidado para não exagerar na quantidade oferecida já que, assim como a maioria das frutas, a graviola é rica em fibras que ajudam o intestino a funcionar.

Você não deve usar a graviola, nem nenhuma outra fruta, como um substituto da alimentação principal do seu cachorro. Essa deve ser uma ração de qualidade, adequada para a idade, peso corporal e fase da vida do pet.

O mesmo vale para os petiscos. Não ofereça nenhum tipo de snack em quantidade excessiva para o pet, ainda que eles sejam próprios para o seu peludo. Além de correr o risco de o peludo perder o interesse no alimento principal, ainda há uma grande possibilidade de que ele desenvolva sobrepeso e vários outros problemas de saúde em decorrência disso.

Benefícios da graviola para cachorro

Benefícios da graviola para cachorro

A graviola é o fruto de uma árvore nativa da Bacia Amazônica. Os componentes da árvore e dos frutos, incluindo casca, raízes, folhas, polpa e sementes, vêm sendo estudados e usados há anos no combate a uma série de doenças, o que inclui o câncer.

Ainda que não haja uma ampla comprovação científica de que se pode dar graviola para cachorro com câncer, vários tutores optam por incluir cápsulas de graviola no tratamento dos seus pets depois que eles recebem o diagnóstico.

Um médico veterinário deve acompanhar essa ação, pois é preciso avaliar as condições gerais de saúde do cachorro para determinar a quantidade ideal de graviola a ser inserida como coadjuvante no tratamento principal.

Aqui, queremos destacar uma informação muito importante: se o seu cãozinho, ou qualquer outro pet, foi diagnosticado com câncer, é fundamental seguir as orientações do médico veterinário quanto ao melhor tratamento para ele.

Você não deve, em hipótese alguma, substituir o tratamento convencional contra o câncer por cápsulas ou chá de graviola. Na verdade, nenhum medicamento, natural ou não, deve substituir o tratamento convencional.

Ainda que essa substituição não vá necessariamente fazer mal ao cachorro, é possível que ela mascare os sintomas da doença. Assim, enquanto você acha que o cãozinho está melhorando, na verdade o quadro de saúde pode estar se agravando ainda mais.

Por isso, nunca faça nenhuma inclusão, substituição ou alteração nos medicamentos que o seu pet tome sem que haja conhecimento do médico veterinário.

Para saber mais sobre a anatomia dos cachorros e conhecer algumas curiosidades, confira esse artigo sobre o assunto selecionado para você em nosso blog.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário