Cachorro pode comer linguiça? Descubra!

Por Cobasi

Compartilhar:
cachorro pode comer linguiça

Aposto que você já se perguntou se cachorro pode comer linguiça, afinal, o alimento quase sempre está presente em churrascos e parece ser um bom petisco. No entanto, esse alimento é muito gorduroso para os animais. 

A linguiça pode até ser um alimento rico em minerais e proteínas. Porém, além de gordurosas, algumas linguiças podem ser muito temperadas. Isso pode afetar a saúde aos pets, causando problemas gastrointestinais e diarreia.

Afinal, cachorro pode comer linguiça?

A linguiça é um alimento embutido composto à base de diversos tipos de carnes. Inclusive, junto com outros alimentos típicos brasileiros, ela é muito comum em churrascos e feijoadas.

Por ser feito à base de carnes e altamente perfumada, ela costuma chamar a atenção dos cachorros pelo olfato, especialmente a linguiça defumada. Por isso, eles acabam pedindo um pouquinho, afinal, os cachorros adoram pedir comida aos humanos. 

E justamente por serem feitas à base de carnes, muitas vezes os tutores acreditam poder oferecer esse alimento ao pet, afinal, a maior parte da ração deles é a base dessas proteínas. 

Porém, apesar de rica em proteínas e minerais, a linguiça é um alimento muito gorduroso. Por isso, ela é capaz de aumentar os índices de obesidade e doenças cardiovasculares, além de causar diarreia.

Embora a gente acredite que a base da linguiça são as carnes, o alimento ainda conta com outros ingredientes. Desse modo, a linguiça ainda pode conter traços de pimenta, farinha de trigo, migalhas de pão e outros temperos com a finalidade de dar liga e trazer mais sabor.

Além disso, esses alimentos ainda contam com certa quantidade de conservantes e estabilizantes. Ou seja, esses ingredientes, além de tornarem o alimento mais salgado, podem causar alergias nos cães. 

Portanto, se sua dúvida era se cachorro pode comer linguiça de porco, agora você já sabe que é melhor evitar esse tipo de alimento. 

Linguiça faz mal para cachorro?

A linguiça não é um alimento recomendado para os animais de estimação. No entanto, isso não significa que ela vá causar algum dano imediato no pet, a menos que ela o animal consuma o alimento com muita frequência.

Sendo assim, não precisa se desesperar caso seu pet acabe ingerindo um pedacinho por acidente. Contudo, caso alguém te pergunte se cachorro pode comer linguiça de qualquer tipo, apenas diga que não é indicado. 

Diferente do chocolate ou das uvas, a linguiça não é um alimento tóxico, sendo assim, não é necessário induzir o vômito para que o cachorro coloque o alimento para fora. Caso ele coma algum pedaço, fique de olho para o surgimento de diarreia e ofereça água para o cão se hidratar.

A alimentação dos cachorros deve ser à base de uma ração de qualidade, de preferência uma ração Super Premium, que contém todos os nutrientes e proteínas que o pet merece. No entanto, caso queira oferecer uma linguiça para o pet, procure pelas próprias para cachorro.

Alguns petiscos são feitos em forma de linguiça. Aliás, eles possuem inclusive o aroma semelhante ao da linguiça defumada. Ou seja, são uma ótima opção para quando os cães pedem um pedacinho de alimento.

Fique atento aos ingredientes!

cachorro pode comer linguiça

Como vimos, algumas linguiças podem conter diversos temperos, como pimenta, alho, cebola e muito sal. Por isso, alguns tipos de linguiça podem ser mais nocivos aos cachorros do que outros.

Então, fique atento! Esses ingredientes podem ser tóxicos para os animais. O alho e a cebola, por exemplo, podem levar à destruição dos glóbulos vermelhos, causando anemia e até falência renal. 

Ou seja, se você já se perguntou se cachorro pode comer linguiça calabresa, saiba que ela é muito temperada e deve ser evitada pelos cães. 

No entanto, o cachorro pode comer linguiça toscana sem que ocorram muitos problemas. É claro que ele pode apresentar diarreia ou algum mal estar intestinal, afinal, ele não está acostumado a comer linguiça. 

No entanto, não precisa se assustar. Isso acontece devido à quantidade de gordura. Mas caso a diarreia dure por mais de um dia, leve o pet ao veterinário. 

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário