Coccidiose aviária: entenda tudo sobre a doença

Compartilhar:


coccidiose aviaria

A coccidiose aviária é uma doença que ataca o intestino das aves, sendo causada por protozoários parasitas – Eimeria. Além disso, é um dos principais e mais recorrentes problemas da avicultura industrial. No entanto, ela pode afetar praticamente todas as espécies, inclusive as aves domésticas.

Sendo assim, caso você perceba que o seu pássaro anda um pouco cabisbaixo, tristonho e sempre quieto no mesmo cantinho, está na hora de consultar um veterinário para receber um diagnóstico. Afinal, infelizmente, a coccidiose aviária é uma doença comum.

O que pode causar essa doença?

A contaminação da coccidiose acontece quando a ave ingere os oocistos (ovos) que podem estar presentes no local onde ela dorme, na ração e/ou na água. Geralmente, esses ovos são levados pelo vento em partículas de fezes contaminadas. 

Contudo, é comum que essa doença passe despercebida no seu pássaro, pois esse parasita se instala no intestino dele e fica quietinho, sem causar grandes problemas. Porém, em algum momento a ave pode apresentar sintomas de baixa imunidade ou de estresse. Isso porque o parasita pode se desenvolver e se reproduzir de forma rápida no organismo do pássaro. 

Quais são os sintomas da coccidiose aviária?

As aves afetadas pela coccidiose passam a sofrer de diversos problemas intestinais, como diarreias hemorragias, enterites, dores abdominais, fezes com muco, entre outros. Aliás, esses fatores são responsáveis pela desidratação, emagrecimento e diminuição da absorção/perda de nutrientes importantes no organismo do pet, além de facilitar o surgimento de outras doenças.

Ademais, o pássaro pode também apresentar sintomas como depressão, despigmentação da pele, peito seco, respiração desregulada ou acelerada, entre outros problemas. É muito importante receber o diagnóstico o mais rápido possível, porque além de atrasar o desenvolvimento do pet, a doença também pode levá-lo a óbito em casos mais graves.

Como posso tratar a coccidiose aviária do meu pet?

Primeiramente, é de extrema importância que você leve o seu pet para o veterinário. Apenas um profissional será capaz de fazer um diagnóstico preciso, com um acompanhamento eficiente, e indicar o melhor remédio para coccidiose aviária.

O diagnóstico será feito por um exame laboratorial. Através do exame, o profissional irá avaliar os sintomas externos do pet, além de observar as lesões na mucosa intestinal, e irá apontar a presença dos oocistos no exame parasitológico das fezes.

É possível prevenir a coccidiose aviária?

coccidiose aviaria

Sim! É importante sempre garantir a limpeza do local onde seu pássaro vive, afinal, uma rotina de higienização rigorosa afastará os parasitas. Além disso, é recomendável oferecer uma alimentação balanceada e saudável para o seu pet, com rações que contem com a presença de anticoccidianos – que irão melhorar a performance do animal, reduzindo os níveis de oocistos e sendo um componente importante para evitar a criação dessa patologia.

Existem também vacinas para a coccidiose aviária. Nesses casos, há dois tipos: a vacina atenuada ou a vacina virulenta. Em geral, recomenda-se o primeiro tipo, pois garante maior segurança. No entanto, ambas têm como objetivo controlar o processo de infecção.

Além disso, é possível também optar por medicamentos para coccidiose aviária, que têm como função possibilitar o desenvolvimento de imunidade, para evitar ao máximo que a doença se desenvolva no organismo do seu pet.

Lembrando que a coccidiose aviária, apesar de ser uma doença conhecida, não é fácil de ser controlada. Assim, o ideal é que você consiga aplicar todos os métodos listados, podendo ser de forma intercalada ou de acordo com a sugestão do veterinário.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário