Dia dos animais: conheça a história por trás da data

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
Dia dos animais

O Dia dos Animais é celebrado em 4 de outubro. Essa data escolhida em 1931 durante uma convenção de Ecologia que aconteceu na Itália, mais precisamente na cidade de Florença, com a finalidade de promover os princípios de Declaração Universal de Direito dos Animais

A celebração da data acontece no mesmo dia de São Francisco de Assis, santo católico conhecido por ser o padroeiro dos animais. Essa é uma data bem importante, já que traz uma reflexão sobre a importância do cuidado e preservação deles, além de divulgar o direito deles que estão apresentados na Declaração Universal dos Direitos dos Animais.

O que é a Declaração Universal dos Direitos dos Animais e o que ela defende?

Em 1978, a ONU proclamou a Declaração Universal dos Direitos dos Animais. Essa declaração traz no seu texto de introdução que todos os animais possuem direitos e que, portanto, quem não cumprir a lei estará agindo de forma errada. A declaração é uma proposta internacional destinada aos cuidados que todos os animais devem ter, assim como todos os direitos deles no mundo. Conheça seus direcionamentos:

  • Todos eles têm o mesmo direito à vida;
  • Todos eles têm direito ao respeito e à proteção do homem;
  • Nenhum animal deve ser maltratado;
  • Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres em seu habitat;
  • Nunca abandonar o animal;
  • Nenhum animal deve estar em experiências que lhe causem dor;
  • Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida;
  • A poluição e a destruição do meio ambiente são crimes contra os animais;
  • Os diretos deles devem ser defendidos por lei;
  • O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender os animais.

Ou seja, esse material prevê maior respeito e cuidados dos animais por parte dos seres humanos. 

Porque esse dia deve ser celebrado?

Dia dos animais

Muito mais que a comemoração, é importante também para a conscientização dos seres humanos em relação aos pets. É fundamental o conhecimento dos direitos desses bichos. Sendo assim, essa data é uma espécie de confraternização universal da vida deles.

Dia dos animais de rua, qual a diferença?

Além disso, existe outro dia destinado à eles, o dia 4 de abril. Neste caso, porém, esse dia é dos animais de rua. Essa data não é festiva ao contrário da outra, mas sim, exclusivamente de conscientização. Nesse dia, os pets abandonados que vivem em situação de rua são lembrados, com o objetivo de estimular a sociedade em realizar atos de adoção e ainda evitar abandonos. 

No dia 4 de abril é comum, por exemplo, que diversos voluntários liderem ações que promovam a doação de rações, assistência médico-veterinária para cães abandonados, além de financiamento de castrações, medicamentos, itens de higiene também são algumas atividades dessa data.

Gostou desse post? Leia mais sobre em nosso blog:

Ração úmida: toque de sabor e saúde para seu pet
Cuidados com gatos: 10 dicas de saúde para seu pet
Colostro: o que é e quais são os benefícios
Advocate: o que é, para que serve e como utilizar

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário