Diferença entre cobra e a serpente: saiba mais

Compartilhar:


diferença entre cobra e serpente

Para entender a diferença entre cobra e serpente, é preciso prestar atenção no significado destes termos, considerados sinônimos aqui no Brasil. As pessoas buscam estabelecer essa distinção justificando que as serpentes têm veneno e as cobras não. Mas essa informação não é correta. É possível utilizar cobra ou serpente para designar algum tipo de espécie, seja ela venenosa ou não.

Serpente é um termo genérico usado para designar um tipo de réptil que não tem patas, possuindo um corpo coberto de escamas, com a capacidade de dilatar seu estômago e abrir a boca em até 180º, além de produzir veneno em alguns casos.

Já a cobra designa répteis também chamados de “najas”. Elas normalmente são muito venenosas e se encontram na África e Ásia. O seu veneno é tão devastador, que pode levar um ser humano à morte em poucos minutos. Assim, tanto as cobras quanto as serpentes são temidas por todos e muitos chegam a ter pavor delas.

O termo “serpente” é o mais comum, determinando o réptil que apresenta características presentes nas cobras e nas víboras, por exemplo. Isto é, a cobra e a víbora são tipos de serpentes. O que vai diferenciar cada uma delas é o tipo de família à qual pertencem.

diferença entre cobra e serpente

Sobre as serpentes

As serpentes são animais que compõem o grupo dos répteis, mesmo que não possuam extremidades, pois as escamas presentes na região ventral da sua pele são utilizadas para a sua locomoção.

Nesse contexto, elas são um subgênero do reino animal, enquanto as cobras são uma das diferentes famílias que fazem parte do extenso grupo de serpentes existentes. Ademais, o grupo de serpentes possui outras famílias, tais como os elapídeos, elapidae (cobras, serpentes de coral, mambas e serpentes marinhas), ou os viperídeos, viperidae (víboras e crotalus).

Há uma grande variedade de serpentes que se ordenam através da seguinte classificação:

  • Família;
  • Subfamília;
  • Gênero;
  • Subgênero;
  • Espécie;
  • Subespécie.

Sobre as cobras

As cobras são da família dos colubrídeos (colubridae), a maior parte das serpentes existentes fazem parte desta família também, juntando aproximadamente 1800 espécies. Possuem diversas espécies inofensivas de tamanho médio, como a cobra-lisa-europeia ou a cobra-de-escada. Porém, algumas cobras são venenosas, com seus dentes situados na parte posterior da cavidade bucal.

É importante destacar a boomslang, pois sua mordida pode ser mortal para o homem, sendo uma das poucas espécies mais perigosas. A característica de destaque na família dos colubrídeos é o tamanho, que costuma oscilar entre os 20 e os 30 centímetros. Já a cabeça é coberta por escamas grandes.

A cobra-cuspideira também é superperigosa, e seu nome vem da capacidade de cuspir veneno. A força do seu lançamento faz com que o veneno possa chegar a até 2 metros de distância. Com isso, essa cobra consegue cegar o seu predador, impossibilitando que este consiga atacar.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário