Flor amor perfeito: dos campos para o mundo

Compartilhar:


flor amor perfeito e livro

Se tem uma planta que alegra qualquer ambiente, é a flor amor perfeito. Aliás, existem muitos exemplares dessa planta que se dá bem em jardins, canteiros e vasos.

Ela se tornou tão popular que hoje é disputada por paisagistas e chefs de cozinha. Ah, e ela também tem um lugar especial no coração dos filósofos. Confira abaixo mais curiosidades sobre essa flor.

A origem da flor

Para começar, estamos falando de uma flor que se desenvolve muito bem em climas mais amenos e não exige muitos cuidados. Estas flores cresciam normalmente em pastos e fazendas, tanto na Europa quanto na Ásia.

Na Europa, por sinal, essa planta foi considerada o símbolo dos livres pensadores. Este é um ramo do pensamento moderno que defende a atividade intelectual autônoma e crítica.

Antes disso, ela era largamente utilizada como planta medicinal. As principais indicações eram problemas de pele, epilepsia e problemas respiratórios.

Como plantar a flor amor perfeito?

Embora não demande muitos cuidados, a flor amor perfeito se desenvolve melhor em condições específicas. O ideal para esta flor são solos ricos em matéria orgânica e moderadamente ácidos.

A área de plantio deve ser, sobretudo, bem drenada. Afinal esta é uma planta que exige rega constante, mas não gosta de solos encharcados. Assim, se for plantar em vasos ou canteiros, garanta camadas de drenagem. Vale a pena, também, apostar em bons condicionadores de solo.

A flor amor perfeito é sensível a temperaturas extremas, especialmente as mais quentes.

Se a temperatura no local onde você mora fica entre os 15ºC e os 25ºC então pode semear o amor perfeito sem problemas. Não se esqueça, porém, que elas preferem lugares com bastante luminosidade. Ainda assim, elas sobrevivem bem em áreas sombreadas.

flor amor perfeito

Da germinação das sementes até as primeiras flores leva-se, em média, 90 dias. E a melhor época para a semeadura vai do final do verão ao começo do inverno.

O amor perfeito floresce no outono e na primavera, embora não seja incomum encontrá-la no inverno. Nesse caso, isso acontece desde que a temperatura média do período fique próxima dos 15ºC.

Características da flor

Existem muitos tipos de flor amor perfeito, porém são três as mais comuns. As maiores e geralmente utilizadas em projetos de paisagismo são as Viola x wittrockiana. Aquela que tem as menores flores é a Viola odorata. Já as flores da Viola tricolor ficam no meio-termo.

Todas elas têm cinco pétalas. Quanto à cor, ela pode variar entre três, duas ou uma cor única. E são muitas as cores que aparecem nessas plantas rasteiras, cuja altura varia entre 15 e 25 centímetros. É possível encontrar a flor amor perfeito com combinações de cores azuis, roxas, amarelas e até mesmo negras.

Além da beleza e do uso medicinal, essas flores também são utilizadas na gastronomia. Elas estão entre as flores mais procuradas por hotéis e restaurantes de luxo. São indicadas não só para trazer cor às saladas, mas aparecem também em compotas, geléias, xaropes e pudins.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre o amor perfeito? Confira as dicas de jardinagem que separamos para você:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário