Conheça algumas espécies de plantas medicinais e saiba como usá-las

Por Cobasi

Compartilhar:
plantas medicinais

Não é de hoje que as plantas medicinais são benéficas para a saúde. Desde a antiguidade, essas plantas eram utilizadas para tratar dores, ferimentos e até como pós operatórias

Além disso, as plantas medicinais podem ser cultivadas em casa, em forma de hortas. No entanto, é preciso de cuidado na hora de usar plantas medicinais, portanto, apague a crença de que tudo que é natural, não faz mal

Afinal, embora essas plantas tragam muitos benefícios para a saúde, o uso indevido pode causar alergias, alucinações e até intoxicação

Fitoterapia: tratamentos a base de plantas medicinais

A fitoterapia tem ganhado cada vez mais espaço na sociedade, com a busca por produtos mais naturais a fim de evitar mais química dentro do organismo, nos últimos anos esta prática tem ganhado mais força. 

No entanto, não é de hoje que esses tratamentos existem, afinal de contas, desde as eras mais antigas, as pessoas utilizam as ervas para o tratamento de enfermidades. Inclusive, hoje em dia, muitos medicamentos ainda são elaborados graças à propriedade das plantas

Mas será que essas plantas medicinais realmente ajudam? Na realidade, as plantas medicinais tem muitos benefícios capazes de ajudar no tratamento de determinadas patologias. 

No entanto, é importante ressaltar que o uso de terapias caseiras não é recomendado, portanto, ao notar algum sintoma, primeiramente busque a ajuda de um profissional especializado. 

Caso as plantas sejam indicadas para o tratamento, é necessário conhecê-las e saber como elas funcionam. 

Conheça 5 plantas medicinais famosas

O tratamento fitoterápico pode ser utilizado como uma terapia complementar, auxiliando na solução de problemas de saúde junto com outros tipos de tratamento, no entanto, eles devem ser feitos sobre recomendação. Conheça algumas plantas mais usadas:

Arnica

Fácil de ser encontrada, esta florzinha é famosa por tratar machucados, amenizar dores e contusões. E não é para menos, a arnica é uma planta antiinflamatória, graças a uma substância chamada quercetina, a resistência dos vasos é aumentada, melhorando a irrigação sanguínea na região

Boldo-do-Chile

Outra planta muito conhecida, o Boldo é muito utilizado para a elaboração de medicamentos estomacais e para o fígado. Ele possui uma ação desintoxicante, melhorando a digestão e as funções hepáticas. No entanto, o consumo desta planta merece atenção, afinal, no Brasil é muito comum encontrarmos o falso boldo em hortas ou jardins.

Erva-cidreira

Muito tomada em chás, a erva-cidreira é famosa por ajudar na digestão, combate as cólicas e alivia os gases, além disso, é uma planta relaxante, ajudando a acalmar e te ruma ótima noite de sono.   

Guaco

Esta planta era muito utilizada pelos índios para tratar picadas de cobras e insetos, no entanto, suas funções fitoterápicas vão mais além. A planta é ótima para compor xaropes caseiros, ajudando a diminuir os problemas respiratórios como asma, bronquite e pneumonia. Além disso, ela é uma planta cicatrizante e ajuda a curar feridas. 

Pata-de-vaca

Fácil de ser encontrada nas ruas e praças, esta planta medicinal ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue. No entanto, ela não deve ser utilizada sozinha por pessoas que apresentam diabete tipo 1, mas funcionam como um ótimo complemento para o tratamento. 

chá com plantas medicinais

Animais podem fazer uso de plantas medicinais?

Assim como ocorre com os humanos, existem alguns medicamentos e cosméticos para animais que são elaborados a partir de propriedades de plantas medicinais

Contudo, quando o assunto é o uso de plantas em pets, é importante consultar um veterinário para saber sua opinião e como utilizar a planta. 

Em muitos casos é comum que os próprios animais sofram de problemas digestivos e procurem ajuda de grama ou plantas. Outra questão que merece atenção, afinal, algumas plantas são nocivas aos animais

Porém, existem casos em que o veterinário pode indicar o uso de algumas plantas medicinais como camomila, babosa, erva-cidreira e hortelã

Sempre que perceber algum sintoma no pet, não tente tratá-lo em casa, afinal, o veterinário saberá examinar o animal e diagnosticar melhor o quadro de saúde para indicar algum tratamento. 

Gostou dessas dicas de plantas medicinais? Acesse nosso blog e leia mais sobre plantas:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário