Flor onze-horas se destaca pela fácil adaptação ao clima

Compartilhar:


Sempre de braços abertos para receber o sol da hora do almoço, a Portulaca ganhou o nome popular de flor onze-horas por atingir seu pico de florescimento quando o sol começa a se dirigir para o ponto mais alto do céu. Ou seja, sempre entre as onze horas da manhã e o meio dia.

Nativa da América do Sul e encontrada em abundância no Brasil, no Uruguai e na Argentina, a flor tem como principal característica o fato de possuir pétalas delicadas e de variadas cores vibrantes. Atributos que fazem dela ideal para fins de ornamentação.

Além da beleza estética, a flor onze-horas tem como atrativo importante a facilidade do plantio, a pouca exigência em termos de cuidados e a adaptabilidade à diversidade climática, podendo até mesmo suportar geadas a despeito de ter no clima quente seu ambiente preferido.

Aprenda a plantar a flor onze-horas

Como afirmamos anteriormente, a flor onze-horas tem na capacidade de adaptação a diferentes condições climáticas um de seus principais atributos. Isso faz com que ela possa ser cultivada em cada uma das diferentes regiões do território brasileiro.

Amante do sol a pino, no entanto, essa espécie deve ser plantada preferencialmente durante o verão. É importante também buscar áreas abertas que a permita receber ao menos quatro horas diárias de luz solar.

Quanto ao terreno, o ideal é que o cultivo da flor onze-horas seja realizado em um solo fértil e irrigado. As superfícies devem ser compostas por terra (metade comum, metade vegetal) e areia, em partes iguais. Além disso, o cultivador deve acrescentar húmus de minhoca ou composto orgânico a cada trimeste.

De volta ao campo da versatilidade, é importante destacar que a onze-horas pode plantada tanto em bordas de canteiros, onde se destaca em configurações como jardins rochosos, quanto em vasos e jardineiras, brilhando pela delicadeza de suas pétalas translúcidas.

Nos canteiros, sua irrigação deve ser feita de duas a três vezes por semana. Já nos vasos e jardineiras, ela deve ser regada com menor frequência, de uma a duas vezes no período de sete dias.

Outra característica versátil da espécie vem do fato de sua propagação poder ser realizada tanto por sementes. Nesse sentido, ela pode ser colocada na superfície do solo para germinar à luz do sol, ou por estaquia, com seus ramos plantados em solo úmido.

Com ciclo de vida de doze meses, flor traz benefícios ocultos

A flor onze-horas pode se apresentar nas variedades comum, que tem por característica principal as flores de cor branca e/ou rosa, e na variedade conhecida como dobrada, na qual as pétalas são formadas em séries e com os tons diversificados em rosa, amarelo, vermelho e branco.

Em ambas as variações, a Portulaca é uma espécie de ciclo de vida anual. Ou seja, que seca e morre em um período máximo de doze meses.

Uma outra informação importante da flor onze-horas fica por conta de seus benefícios à saúde humana quando consumida via alimentação.

Excelente fonte de ômega-3, ela pode ser utilizada para amenizar problemas cardiovasculares. Além disso, apresenta propriedades analgésicas, diuréticas e anti-hemorrágica, por também possuir abundância em sais minerais e vitaminas A, B e C.

Quer saber mais sobre jardinagem? Veja nos posts do nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. Graça De oliveira disse:

    Amoo onze horas…

Deixe o seu comentário