De onde vem a superstição sobre o gato preto e a sexta-feira 13?

13 de novembro de 2020

Gatos
Gato preto de olhos amarelos em um fundo preto

Hoje é sexta-feira 13 e aposto que você já pensou em gato preto ou lembrou de algum mito relacionado com a data. Muitas pessoas morrem de medo sempre que o dia 13 cai em uma sexta-feira. As superstições extrapolam a data e chegam até os gatinhos pretos, que o mito diz dar azar.

Aqui sabemos que o gato preto nada mais é do que um lindo pet que não levará nada mais do que amor e muita alegria para qualquer lar. Para comemorar a Black Cat Friday vamos conhecer a fundo tudo o que envolve a data e os gatos pretos.

É bom ter um gato preto?

Gato preto deitado

Essa superstição é tão forte e antiga, que muita gente acredita que somente por passar por um gato preto já terá azar. No entanto, isso não passa de uma crença antiga que pode ter diversas explicações que contemos mais adiante.

É bom ter um gato preto? Sim! É ótimo! Os gatos pretos, assim como os felinos de todas as outras cores, são pets excelentes! Carinhosos, independentes, engraçados e muito graciosos, os gatos são conhecidos por serem ótimos companheiros.

Porque sexta-feira treze é considerado dia do terror?

Existem muitas histórias diferentes que passam por diversas culturas e que associam a sexta-feira 13 a um dia de azar. Contudo, nem todas elas têm a ver com gato preto.

Uma das mais conhecidas relaciona o número 13 ao azar porque, segundo a Bíblia cristã, Jesus foi perseguido em uma sexta-feira e, na noite anterior, ele realizou uma ceia que contava com 13 apóstolos. A junção desses fatores, de acordo com supersticiosos, resultou no dia de infortúnio.

Na mitologia nórdica, uma das explicações se relaciona ao banquete realizado por Odin, que reuniu 12 deuses.  No entanto, o deus Loki não foi convidado para o evento e, ao descobrir, ficou enfurecido e resolveu se vingar. Segundo a história, Loki, o deus da discórdia, trapaça e travessura, foi até o banquete, sendo o décimo terceiro deus, e causou a maior confusão. Mais uma vez, o número 13 é ganhou conotação negativa.

Outra história que também ficou conhecida por resultar no mito da sexta 13 aconteceu durante a Idade Média. Quando dos Bárbaros foram cristianizados na Europa antiga, surgiu a lenda de que toda sexta-feira, a deusa Friga se reunia com uma figura demoníaca e onze feiticeiras para desejar o mal dos homens. Uma deusa, um demônio e onze feiticeira resultam mais uma vez no número treze. A partir dessa ilusão, a deusa passou a ser considerada uma bruxa que desejava o mal e o número 13 ganhou mais um mito.

Qual a relação entre o gato preto e a sexta-feira 13?

Após conhecer um pouco sobre algumas histórias que podem originar o tão temido mito de que a sexta-feira 13 dá azar, é preciso entender como surgiu a relação entre a data e o gato preto.

Durante a Idade Média, surgiu a Santa Inquisição, que era uma espécie de tribunal criado pela Igreja Católica Romana para julgar todos que eram considerados uma ameaça às doutrinas da época. Nessa época difícil, aqueles considerados suspeitos eram perseguidos e julgados. Os condenados cumpriam penas que poderiam ser temporárias ou perpétuas. Entre as mais temidas, estava a pena de morte na fogueira em plena praça pública.

Além disso, durante a Santa Inquisição, alguns outros fatores eram relacionados à ideia de alguma ligação com as trevas, como a cor preta e os cabelos ruivos. Como os gatos são animais de hábitos noturnos e discretos, eles não passaram ilesos por esse difícil momento. Os gatos pretos foram considerados animais relacionados às trevas.

Com o passar dos anos essa história se popularizou e passou a ser relacionada com a bruxaria. Segundo a lenda, se uma mulher era dona de um gato preto, ela poderia ser considerada bruxa. Uma das várias lendas que relaciona o gato preto à bruxaria, conta que um felino ferido por uma pedra se escondeu na casa de uma mulher. No dia seguinte, a mulher foi vista com um machucado e as pessoas acreditaram ela era uma bruxa que se transformava em gato para vagar pelas trevas durante a noite.

Esses acontecimentos foram responsáveis por intensificar ainda mais a associação do gato preto com o azar e por creditar à sexta-feira 13 a data relacionada às trevas. As várias lendas ganham versões diferentes de um país para o outro e hoje têm uma perspectiva mais curiosa e divertida.

Gato preto dá sorte!

Apesar dos vários mitos e fantasias relacionando o gato preto ao azar, também existem muitas histórias que tratam os felinos como símbolos de prosperidade e sorte.

Encontre os melhores produtos para gatos em poucos cliques.

Na cultura Egípcia, por exemplo, o gato era considerado como um deus e tinha sua existência relacionada à fertilidade, proteção do lar, saúde e ao prazer. Eles eram animais venerados!

Essa história parece muito mais real para os tutores dos gatos, não é mesmo?! Ao contrário dos mitos negativos relacionados à sexta-feira treze, quem tem um gato preto em casa pode confirmar que esses animais dão sorte e levam muito amor para qualquer lar.

Se você, assim como nós, ama os gatos, fique por dentro dos principais cuidados com esses pets: