O que é a posse responsável?

4 de março de 2021

Institucional, Sem categoria
O que é a posse responsável

A posse responsável de um pet é uma decisão muito importante, que não pode ser tomada da noite para o dia, sem refletir sobre os impactos que a chegada de um bichinho tem na nossa vida.

É fácil pensar em toda alegria e carinho que envolve ter um animalzinho de estimação, mas nem todo mundo pensa nos cuidados – e nos gastos – envolvidos na tutoria responsável de um animal. Nesse artigo, vamos falar sobre o que é a posse responsável para que você consiga decidir, com segurança, se ser pai ou mãe de pet é pra você. Vamos lá?

Mais do que consciência, uma questão legal

Mais do que responsabilidade, uma questão legal

Para começo de conversa, as questões envolvidas na posse responsável de um animal de estimação são regulamentadas. Ou seja, ao desrespeitá-las, seja por maus-tratos ou abandono, a pessoa está cometendo um crime. Mas a questão é que, mesmo se não fosse um crime, já seria falta de bom senso, empatia e consciência, para dizer o mínimo.

Todos os animais merecem o nosso respeito, independentemente de serem grandes ou pequenos, de pertencerem a uma raça específica ou não terem raça definida. Ao nos tornarmos tutores de um pet, passamos a ser responsáveis pelas suas condições de vida.

Aqui, quando falamos em condições de vida, precisamos levar todos os aspectos em consideração:

  • alimentação adequada e água limpa e fresca à vontade;
  • local limpo e seguro para se abrigar do calor, do frio e da chuva;
  • vacinação adequada e em dia;
  • espaço bastante para que não fiquem confinados.

São muitas coisas de ordem prática envolvidas, mas não podemos esquecer do amor, carinho, atenção e cuidado, que são fundamentais para que um pet possa ser considerado bem tratado. Tudo isso faz parte da posse responsável.

Posse responsável: o que considerar antes de receber um bichinho em casa

O que considerar antes de receber um bichinho em casa

Aqui na Cobasi nós incentivamos a compra e adoção responsável. Existem muitos bichinhos aguardando a oportunidade de pertencer a uma família, apenas esperando para serem adotados. Mas, mesmo que você opte pela aquisição de um pet, que geralmente é um filhote, existem algumas considerações importantes a se fazer antes de bater o martelo.

Existe uma série de medidas que você vai precisar tomar, seja qual for o pet escolhido, para exercer uma posse responsável. Entre elas, podemos citar:

  • ração adequada em tipo e quantidade;
  • vacinas;
  • banhos;
  • proteção contra pulgas, carrapatos e outros parasitas;
  • consultas com o médico veterinário;
  • medicamentos quando houver necessidade;
  • tempo diário para passeios, brincadeiras e treinamento;
  • limpeza e higiene da casa como um todo e especialmente do local onde o pet faz suas necessidades fisiológicas;
  • castração ou acompanhamento das gestações;
  • hospedagem em caso de viagem em que não seja possível levar o pet ou alguém que desempenhe todas essas funções na ausência do tutor.

Parece muito? Mas tem mais! Ter um pet em casa é muita responsabilidade!

Com tudo isso você consegue entender porque se chama posse responsável, não é? Ser tutor de um pet é ter todas essas informações e, mesmo assim, decidir ter um bichinho. Isso tudo sem falar nos imprevistos, que podem acontecer com qualquer um.

Por isso, reflita bastante sobre a sua vida e a rotina da sua casa antes de incluir um pet na família. Se depois de tudo isso você se sentir pronto para ir adiante, aí sim estará exercendo uma posse responsável e muito amorosa.

Quer continuar a leitura? Confira nossas sugestões de artigos: