Ganhe 10% OFF* na primeira compra. Use o cupom 10BLOG
*Limitado a um uso por CPF

Vacina para cachorro: saiba a imunização que o seu pet precisa

| Atualizada em

Colaboração de Joyce Lima | Médica-veterinária   Tempo de leitura: 6 minutos

Compartilhar:
Compartilhar:
vacina cachorro

A vacina para cachorro é fundamental para o seu pet, sua família e toda a sociedade, pois ajuda na manutenção da saúde e evita a disseminação de doenças. 

Para garantir que o seu cão seja feliz e saudável, saiba tudo sobre o calendário de vacina em cachorro, com a médica-veterinária Joyce Lima (CRMV/SP – 39824), da Educação Corporativa da Cobasi. Confira!

Quais vacinas para cachorro são obrigatórias?

Em todos os casos, para proteger o seu cachorro de diversas doenças, é indicado seguir o calendário de vacinação e estar atento ao reforço periódico conforme às orientações do veterinário.

Como é importante todo tutor saber quando cada vacina deve ser administrada, separamos as principais informações sobre como funciona o calendário de vacinação para cães.

Vacinas V8, V10 e V12

A aplicação da vacina V8, também conhecida como vacina polivalente para cachorro atua na prevenção das seguintes doenças:

  • Cinomose;
  • Adenovirose;
  • Parvovirose;
  • Coronavirose canina;
  • Hepatite infecciosa canina;
  • Leptospirose (sorovares Canicola e Icterohaemorrhagiae);
  • Parainfluenza;

Já a vacina V10, protege contra as mesmas doenças (com a opção nacional e vacina importada para cachorro) e mais algumas cepas de Leptospirose (Grippotyphosa e Pomona). 

A vacina V12, com fabricação nacional, atua na proteção de 7 antígenos a mais da Leptospirose. Porém, vale ressaltar que isso não significa que a V12 é melhor que as outras versões.

cachorro tomando vacina
Entre as doenças combatidas pela vacina está a cinomose, uma doença contagiosa e com alta taxa de mortalidade.

Na verdade, algumas regiões do país apresentam maior ou menor propensão a determinados tipos de bactérias. Então, existem regiões em que a vacina V8 é suficiente, sem necessidade de investir em outra alternativa.

A seguir, entenda como é o esquema de vacinação V8, V10 e V12: 

Idade do FilhoteDoseVacinaObservações
6 semanas1ª doseV8 ou V10Filhotes com 6 semanas ou mais
8-9 semanas2ª doseV8 ou V10Intervalo de 21-30 dias entre as doses
12-13 semanas3ª doseV8 ou V10Em algumas raças, 4ª dose pode ser necessária
16 semanasReforçoV8 ou V10Reforço anual a partir desta data
AnualmenteReforçoV8 ou V10

Vacina antirrábica para cachorro

A vacina antirrábica para cachorro é a mais difundida entre os tutores de pets, no combate a raiva canina. Por ser uma doença grave e zoonose (que pode infectar humanos), as campanhas pela imunização foram e ainda são muito comuns. 

A solução deve ser aplicada junto com a última dose da vacina em cachorro filhote (polivalente). O imunizante também exige reforços anuais para manter a eficácia.

Vale ressaltar que com a vacina para cachorro contra raiva, a doença foi praticamente erradicada na América Latina. Muito por causa das campanhas de imunização realizadas nas últimas décadas.

Vacina contra gripe canina

A vacina para cachorro contra gripe é muito conhecida como vacina contra a tosse dos canis. Isso porque a traqueobronquite infecciosa canina (TIC) é facilmente transmitida em locais com muitos cães.

A partir de 8 semanas de vida, a vacina de gripe canina pode ser aplicada, com o propósito de prevenir a doença e evitar que os cães apresentem sintomas, como tosses, espirros e febre. Em situações graves, pode causar pneumonia. O imunizante exige reforços anuais.

Vacina contra giardia canina

A vacina contra a giardíase não previne, mas reduz muito a incidência e a gravidade da doença e é recomendada por muitos veterinários.

vacinas para cachorros
Por conta a gravidade das doenças em cães, é de suma importância agir na prevenção, mantendo as vacinas do seu cachorro em dia.

A giardíase – que pode ser transmitida para os humanos – é causada por um protozoário que acomete o sistema digestivo causando diarreia intensa, vômitos, desidratação, falta de apetite, letargia e cansaço.

O protocolo de vacinação pode variar de um veterinário para o outro, mas o mais comum é  a partir de 8 semanas, com 2 doses iniciais e o reforço anual com 1 dose. Procure seu veterinário e se informe sobre a necessidade dessas vacinas para cachorros.

Vacina para leishmaniose canina está suspensa no Brasil

Em janeiro de 2024, O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) anunciou a suspensão da fabricação e comercialização da Leish-Tec, a única vacina contra leishmaniose visceral para cães, comercializada no Brasil. 

Isso ocorreu porque o MAPA identificou que os lotes da vacina continham desvios, o que resultou na suspensão da fabricação e da venda, já que os imunizantes foram reprovados  por não atenderem ao nível de proteína que induz a imunidade dos cães vacinados.

Sem a vacina para leishmaniose canina, muitos tutores ficaram em dúvida como proteger o pet. A boa notícia é que existem medidas de controle contra a doença, que incluem:

  • não deixe o cachorro dormir do lado de fora de casa;
  • proteja o pet com o uso de coleiras antipulgas e repelentes de uso tópico;
  • leve seu pet para visitas regulares ao médico-veterinário;
  • mantenha quintais sempre limpos e higienizados, sobretudo se houver plantas;
  • use telas de proteção para afastar o acesso do mosquito-palha, que transmite a leishmaniose.

Outras vacinas para cachorro

Como você sabe, existem diversos tipos de remédio contra parasitas, carrapatos e pulgas que ajudam a prevenir diversas doenças. Porém, precisamos desvendar um mito: não existe vacina para cachorro com carrapato.

Limpar o ambiente do pet, tosar o pelo, medicamentos e outras medidas ainda são os tratamentos indicados para que o seu cão esteja sempre protegido. 

Outra dúvida dos tutores é sobre a vacina para cadela não pegar cria. Mas, na verdade, nesse caso, estamos falando do anticoncepcional para cães. Um método utilizado para evitar ninhadas indesejadas.

vacinas para cão
Não há melhor forma de prevenir doenças no seu cachorro do que seguir o calendário de vacina.

No entanto, seu uso está exclusivamente direcionado a recomendação veterinária. Pois, se feito de maneira inadequada pode causar uma série de efeitos colaterais nos cães.

Calendário de vacinas para cachorro

Para proteger o seu cachorro de diversas doenças, é importante seguir o calendário de vacinação e estar atento ao reforço periódico conforme às orientações do veterinário.

Por isso, para você saber quando cada vacina deve ser administrada, separamos as principais informações sobre como funciona o calendário de vacinação:

Importância da vacinação em cães

Uma das principais preocupações que o tutor de cães precisa ter é quais vacinas o cachorro deve tomar, como reforça a médica-veterinária Joyce Lima, da Educação Corporativa da Cobasi:

“Esse cuidado com a vacinação começa quando o pet ainda é um filhote com cerca de 45 dias e deve se estender por toda a vida do animal, com vacinas anuais em cachorro”.

Joyce Lima ainda acrescentou: “a tabela de vacinação para cães precisa ser seguida à risca para prevenir a circulação e ocorrência de zoonoses, como a raiva, e outras doenças altamente letais, como a cinomose e a parvovirose”, completou.

Lembre-se de consultar um veterinário de confiança para tirar todas as suas dúvidas e estar alinhado com as necessidades do seu cachorro, como quais são as primeiras vacinas para cachorro? Se quiser saber mais sobre, dê o play no vídeo da TV Cobasi, que explica muito mais sobre a imunização canina.

A vacinação é um ato de AMOR. Se ficou com alguma dúvida, deixe a sua pergunta nos comentários. Até a próxima!

Joyce Lima | Médica-veterinária

| Atualizada em

Colaboração de Joyce Lima | Médica-veterinária

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

6 Comentários

  1. sueli disse:

    Estou com uma cachorra de 7 meses que peguei de maus-tratos e ela veio com a doença do carrapato. Já cuidei fiz exame pra detectar a doença dei remédios. Agora ela esta ótima porém sem vacina por que eu tinha dado a 1 dose da v8 e descobri a doença depois, ai tive que parar, mas agora ela come bem dorme bem enfim esta ótima. Infelizmente não tenho dinheiro para repetir todos os exames,perdi meu emprego e preciso dar continuidade nas vacinas eu gostaria de saber se posso dar continuidade nas vacinas.

    • Joe Oliveira disse:

      Oi, Sueli, como vai? Ficamos muito felizes que a sua cachorrinha ficou bem. Algumas prefeituras oferecem veterinários gratuitos, que podem realizar consulta e até vacinar o seu pet. Ainda existem hospitais públicos e veterinários com preços populares. Recomendamos que pesquise esses locais na sua cidade. Confira mais informações no site: https://cobasicuida.com.br/ =)

  2. Ivan disse:

    Muito boa as explicações me ajudou a tira minhas dúvidas muito obrigado

  3. Neusa Raimondo disse:

    Qual o preço em média da aplicação das vacinas antirabica e V10 em cães nos petshops?

    • Cobasi disse:

      Olá Neusa, boa tarde! Os preços das vacinas para cães podem variar entre diferentes pet shops e regiões. Recomendo entrar em contato diretamente com pet shops locais ou consultar seus sites para obter informações específicas sobre os custos da aplicação das vacinas antirrábica e V10 para cães.

  4. Edileusa disse:

    Adorei saber tudo sobre vacinas

Deixe o seu comentário