Lulu da Pomerânia filhote: conheça a raça

Compartilhar:


lulu da pomerânia filhote

O Lulu da Pomerânia filhote é famoso por seu porte pequeno e pelagem muito semelhante à de um bichinho de pelúcia, sendo super fofo e alegre. Entre suas características, está o fato de gostar muito de brincar. Por isso ele é uma das escolhas favoritas em diversas famílias.

Porém, para cuidar corretamente do Lulu, é necessário conhecer a raça com detalhes. Ou seja, entendendo o que ele pode ou não fazer e quais são as melhores decisões para sua saúde se manter intacta. E nós vamos te ajudar nisso! Confira!

História do Lulu da Pomerânia filhote

O Lulu da pomerânia filhote é um cachorro da linhagem Spitz, proveniente da Alemanha no século XVIII. Lá, sua função principal era cão de guarda, caçador e puxador de trenós. Isso porque, nessa época, seu porte era maior.

Com o tempo, a raça sofreu muitas alterações e evoluiu bastante. Atualmente, contando com 5 tipos de portes variados, sendo eles: anão, pequeno, médio, grande e gigante (no caso, o Lulu da Pomerânia filhote é o menor deles).

O nome da raça só foi escolhido depois que ele chegou à Inglaterra, por conta de sua origem: a Pomerânia está localizada na região norte da Alemanha e da Polônia. O reconhecimento ocorreu em 1870 pelo Kennel Club.

lulu da pomerania filhote

Como é o comportamento do Lulu da Pomerânia filhote?

Esse pequeno animal possui uma natureza curiosa e dócil, mas corajosa e ousada também. Embora se mostre distante quando está perto de estranhos, ele é super seguro de si, principalmente com os donos. O Lulu ama correr, é extremamente inteligente e deve ser estimulado intelectualmente

A socialização da raça ocorre de maneira simples, seja com pessoas ou animais. No entanto, é possível que o pet aparente desconforto nesse procedimento. Outra característica importante é que a raça é considerada um “cão de guarda de plantão”. Ou seja, ele está sempre preparado para avisar seus donos a respeito de possíveis perigos.

Cuidados importantes com o animal

O Lulu da Pomerânia filhote é um cãozinho muito peludo, mas não é difícil cuidar de seus belos pelos, basta escová-los em média três vezes por semana para garantir que o acúmulo de sujeiras seja descartado. Nos períodos de troca de pelagem, pode ser necessário realizar esse procedimento com mais frequência.

Ele é um cachorrinho super ativo, gosta muito de caminhar e passear, por isso, lembre-se de levá-lo para passear várias vezes durante a semana. Apesar de seus longos pelos, o Lulu consegue viver tranquilamente em ambientes externos, mas mantê-lo dentro de casa na maior parte do tempo evita impasses com o frio.

Como cuidar da saúde do Lulu da Pomerânia filhote?

A saúde do Lulu da Pomerânia filhote é relativamente forte, pois essa raça não costuma adoecer com frequência. Porém, alguns problemas comuns podem afetá-lo, como complicações de luxação da patela, crânio aberto, baixo nível de açúcar no sangue e até mesmo criptorquidia. Para evitar que isso aconteça, basta manter uma rotina saudável e visitar o veterinário com regularidade.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário