Olho de cereja em cachorro: o que é e como tratar

Compartilhar:


olho de cereja em cachorro
A purebred Rottweiler dog with nictitans gland prolapse or “cherry eye” in both eyes

O olho de cereja em cachorros (ou cherry eye) é pouco comum, no entanto, quando aparece, essa inflamação na glândula da terceira pálpebra pode assustar.

Algumas raças têm mais incidência do problema do que outras, como as raças Bulldog, Beagle e Cocker. 

O especialista Marcelo Tacconi de Siqueira Marcos, da Educação Corporativa da Cobasi, vai nos explicar melhor sobre as causas e tratamentos para essa condição. Então, vamos lá?!

O que é olho de cereja?

“‘Olho de cereja’ é o nome popular do prolapso da glândula de terceira pálpebra, ou seja, quando uma glândula localizada abaixo da pálpebra dos cães aumenta de tamanho e se projeta para fora do seu local habitual, parecendo uma bolinha vermelha no canto interno do olho do cachorro”, explica Marcos.

Diferentemente dos humanos, os cachorros possuem três pálpebras. A terceira pálpebra é a membrana nictitante, ou seja, uma camada que oferece maior proteção aos olhos do animal. 

Além disso, é nessa camada que se localiza a glândula lacrimal dos cães. Algumas vezes, o ligamento que mantém essa glândula no lugar pode esticar, se desprendendo do osso orbital. Dessa forma, causa o famoso prolapso da glândula, fazendo com que ela fique irritada e se torne visível e acima da pálpebra. Assim ocorre o “olho de cereja”. 

O que causa olho de cereja no cachorro?

Apesar de causar curiosidade, ainda não existe uma resposta específica para as causas do olho de cereja nos cachorros. 

Alguns veterinários e pesquisadores defendem que essa pode ser uma condição hereditária de algumas raças. No entanto, há quem acredite que o causador seja a fraqueza ou má formação do tecido conjuntivo dessa glândula. 

Sendo assim, essa região do olho fica mais suscetível a contrair infecções e pode até levar o pet a enfermidades mais graves. 

Conheça alguns sintomas

De modo geral, o principal sintoma do cherry eye é a decorrência de uma bolinha avermelhada no canto inferior do olho do animal de estimação. 

Embora possa assustar, essa condição não costuma causar dores ou problemas maiores ao pet, como cegueira ou problemas oculares, embora possa causar desconforto. Além disso, é comum que o cachorro apresente olhos secos ou lacrimejantes em excesso. 

Olho de cereja em cachorro: qual é o tratamento?

olho de cereja em cachorro
Veterinary drug eye drops beagle dogs prevent infectious diseases Cherry eye disease in the eyes of pets

O único tratamento é através de uma cirurgia de olho em cães. O procedimento é simples e o próprio veterinário pode colocar a glândula novamente no local. 

Além disso, também existe a possibilidade dos tratamentos serem estendidos via oral, com o uso de antibióticos e antiinflamatórios, além do uso de colírios para melhor a lubrificação ocular. 

Marcelo Tacconi

Colaboração de Marcelo Tacconi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário