Alopecia canina: saiba o que é e como tratar o seu pet

6 de abril de 2021

Cachorros, Saúde e Cuidados
cão com alopecia canina

A perda de pelos em cachorros muitas vezes pode não ser natural, mas sim por causa de um problema patológico conhecido como alopecia canina. Essa é uma doença bem comum, que pode afetar boa parte dos pets em diferentes fases da vida. 

A principal preocupação dos tutores é a coceira intensa e a perda parcial ou total de pelos em determinadas áreas acometidas pela doença. Entretanto, além dos pelos, a alopecia pode afetar, também, a pele e os sistemas imunológico, linfático e endócrino do cachorro

Entenda quais são as principais causas da doença, como ela se manifesta e como fazer o tratamento adequado.

Como identificar a alopecia em cachorro?

cão com alopecia canina

É comum que os cachorros sofram com a queda de pelos, seja por conta da época do ano, idade, renovação da pelagem, entre outros motivos. Mas, esse tipo de queda natural não costuma passar de 30 dias e não deixa nenhuma falha ou calvice no seu pet. 

A alopecia canina pode ser constatada a partir da queda de pelos com ou sem pigmentação, já que algumas áreas da pele podem ficar com uma espécie de mancha. Esse problema costuma surgir no pescoço, no rabo e na região do períneo, podendo afetar também o tronco. Além disso, a alopecia também pode gerar crostas e inflamações que necessitam de cuidados especiais.

O que causa alopecia em cachorro?

cão com alopecia canina

A alopecia pode se manifestar por uma série de questões, como doenças, infestação de parasitas, condições genéticas, entre outras. Veja as principais causas a seguir: 

Estresse e ansiedade: assim como em seres humanos o estresse pode causar perda de cabelo, nos pets esse tipo de problema pode gerar alopecia e, consequentemente, a perda de pelos. 

Alergias em cachorro: a alergia está entre as principais causas da alopecia canina. O seu amigo pode ser alérgico a alimentos e picadas de insetos, por exemplo. Para descobrir a causa, o médico veterinário realizará a avaliação física e pode pedir exames complementares.

Fungos e bactérias: a infecção causada por fungos, bactérias e ácaros podem ser a causa da alopecia em cães. 

Falta de nutrientes: é muito importante estar sempre atento à alimentação do seu pet. Isso porque, a deficiência de nutrientes pode ocasionar a perda de pelos, além de outros problemas de saúde. 

Pulgas, carrapatos e sarnas: a presença desses ectoparasitas é responsável por gerar queda de pelos e prurido intenso.

Condição genética: algumas raças, como Chihuahuas, Galgos Ingleses, Whippets, Galgos Italianos e Buldogues são mais predispostas a desenvolverem a alopecia após o primeiro ano de vida. 

É importante ressaltar que outros problemas de saúde como, diabetes canina, câncer de pele, hipotireoidismo e até mesmo lambeduras em excesso podem causar alopecia canina. Caso você perceba que seu pet está se coçando demais ou perdendo pelos em excesso, procure um médico veterinário.

Tratamento para alopecia canina

Por ter diferentes causas, cada caso de alopecia canina necessita de um tipo de  tratamento com medicamentos, shampoo para cachorro, antifúngicos, antibióticos, entre outros. 

Entretanto, antes de iniciar o tratamento, é essencial consultar um médico veterinário para entender o que está ocasionando o problema e qual o tratamento indicado. Pode se tratar de algo esporádico ou necessitar de uma atenção maior, por isso cuide do seu amigo!

Quer saber mais sobre cuidados com seu cachorro? Confira os posts do blog: