Pode tosar cachorro no verão?

20 de janeiro de 2021

Cachorros
Tosar cachorro poodle

Chegou o verão! Um período do ano esperado por conta das férias, datas festivas e, claro, o clima quente. E nesses dias de alta temperatura escolhemos roupas leves e curtas, deixando o corpo mais exposto. Já para o pet, pensamos logo em tosar o cachorro, visto que é comum a associação dos pelos ao calor. No entanto, será que essa é a melhor opção? 

Tosar cachorro é o ideal para dias quentes?

A resposta é depende! É comum que os tutores façam a tosa de seus cães no verão, porém , na contramão do que imaginamos de imediato, tosar o cachorro não é o mesmo que tirar o casaco quando estamos com calor. 

O pelo do nosso amigão funciona como uma espécie de isolamento térmico, o que impossibilita que a temperatura externa prejudique a sua pele de alguma forma. Isto é, nos dias mais quentes os pelos funcionam como uma geladeira, assim como nos dias frios eles podem colaborar como um cobertor quentinho.

Dessa maneira, tosar cachorro no verão pode resultar numa exposição maior ao calor e ao sol e até gerar queimaduras na pele do pet. Isso quer dizer que é proibido tosar cachorro no verão? Não. Também não é bem assim.  

Algumas raças acabam sendo mais tolerantes que outras nesses casos. Além disso, por vezes o “corte da raça” colabora para que partes específicas do corpo do animal não fiquem diretamente expostas ao calor. 

Por isso, a dica é: conte sempre com um profissional da sua confiança para realizar a tosa do seu pet. 

Vale lembrar que quando estão com calor, para manter a temperatura certa, os cães realizam a troca de calor com o ambiente através da língua e do corpo. Por isso, é comum que eles bebam mais água e procurem superfícies mais frias para descansar. 

Veja dicas para cuidar do seu cachorro no calor.

Como saber se meu cachorro está com calor?

E já que estamos falando de dias quentes, será que você sabe identificar se o seu cãozinho está com calor? Assim como nós sentimos cansaço, preguiça e vontade de não fazer nada. Com os cães não é diferente! Eles também ficam com a respiração mais ofegante, mais lentos e preguiçosos.

Além disso, é possível identificar que o pet está com calor, quando:

  • Apresenta falta de apetite;
  • Está apático com as brincadeiras e situações;
  • Está passando mal, com vômitos e diarreia;
  • Está com os batimentos acelerados

E se você perceber que ele está com saliva em excesso, isso também pode ser um sinal. 

Dicas para ajudar seu pet a se refrescar

Bom, já que tosar cachorro no verão nem sempre é uma boa idéia, o que podemos fazer então para refrescar o nosso cãozinho? Como visto lá em cima, os animais utilizam a língua para a troca de calor, então vamos começar por aí. O primeiro passo para refrescar seu pet é manter seu bebedouro com água fresquinha sempre! 

Além disso, procure locais arejados, com sombra e ventilação e prefira passear em horários alternativos, como o amanhecer ou entardecer, quando a temperatura está mais amena. 

Em relação aos brinquedos, os ossos gelados são uma ótima opção. Afinal, de uma maneira divertida, nosso amigão se distrai e se refresca. Assim como o tapete gelado, que é o sonho de qualquer pet para descansar depois do passeio em dias de verão.

Gostou do post? Veja mais dicas para cuidar de pets no verão: