Você conhece os sons de animais?

Compartilhar:


Você conhece os sons de animais?

Os animais, assim como nós, tem várias maneiras de se comunicar. Os sons de animais são apenas uma dessas maneiras, que também podem incluir movimentos específicos do corpo ou da cabeça, como bater as asas, raspar os cascos contra o chão e saltar, por exemplo, e até mesmo uma combinação entre as cores presentes no corpo, seja ele coberto por penas ou pelos, ou somente variações na própria pele do animal.

Os sons vocalizados, que são uma espécie de “fala” dos animais, mudam muito de acordo com a espécie. Existem variações, inclusive, que são particulares dos indivíduos de um ou de outro sexo. Para você ter uma ideia do que estamos falando, existem alguns tipos de pássaros em que somente os machos cantam, e eles inclusive têm um canto muito bonito. As fêmeas da mesma espécie, por outro lado, soltam apenas alguns pios, bem baixinho.

Os sons de animais e a reprodução

Sons de animais e a reprodução

Como você já deve suspeitar, um dos principais motivos para existirem tantas possibilidades diferentes de sons de animais é a sua função no processo reprodutivo de cada espécie. É muito comum que os animais machos utilizem diversos artifícios para atrair as fêmeas durante o período da reprodução, e os sons emitidos são alguns desses recursos. 

Esse mecanismo faz parte do instinto dos animais, e está relacionado à preservação e continuidade da espécie. Os sons de animais emitidos no período reprodutivo são verdadeiros galanteios: funcionam quase como um poema bonito, uma música romântica ou um buquê de flores. Nós podemos não entender exatamente as “palavras” que estão sendo ditas, mas os indivíduos a quem elas são destinadas certamente estão prestando bastante atenção.

Os sons na defesa do território

Sons de animais na defesa do território

Mas, como nem só de romance vivem os animais, os sons que eles emitem também podem servir para delimitar seu território, indicando claramente para os rivais onde ficam os limites que não devem ser ultrapassados. Agora é bem possível que você esteja pensando nos leões, e no rugido que é capaz de fazer qualquer um tremer nas bases.

Esse tipo de rugido é mesmo uma maneira utilizada tanto pelos leões quanto pelas leoas para indicar um território que já está ocupado por uma alcateia, ou seja, um grupo de machos, fêmeas e filhotes que vivem juntos. Mas existem outros sons emitidos por esses animais que servem para chamar uns aos outros.

Esses sons são mais amenos, não tem o intuito de serem assustadores, e são únicos: ou seja, cada indivíduo é reconhecido pelo seu próprio rugido.

O papel dos sons na reunião dos grupos

Outros animais bem famosos por emitirem sons únicos são os golfinhos e as baleias. Esses mamíferos aquáticos conseguem emitir sons que viajam por longas distâncias sob a água, permitindo que um animal seja capaz de localizar e reconhecer um grupo.

Encontre tudo para o seu pet com os melhores desocntos no site da Cobasi.

Você certamente sabe que o nome que se dá ao som dos cachorros é latido, dos gatos é miado, dos leões é rugido e das vacas é mugido. Mas existem nomes específicos para cada tipo de sons de animais. Conheça alguns dos mais diferentes a seguir:

  • Sapo: coaxar
  • Papagaio: parlar
  • Burro: zurrar
  • Pato: grasnar
  • Ovelha: balir
  • Baleia: bufar
  • Abelha: zumbir
  • Cavalo: relinchar
  • Cobra: sibilar
  • Pombo: arrulhar.

Quer continuar a leitura com a gente? Confira esses artigos selecionados para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário