Bicheira em cachorro: causas, sintomas e tratamento

Compartilhar:


Bicheira em cachorro: causas, sintomas e tratamento

A bicheira em cachorro é uma doença de pele provocada pela presença e infestação de larvas de mosca varejeira depositadas em feridas nos animais. Também conhecida como berne, dermatobiose ou miíase em cães, as bicheiras em cachorro têm tratamento, mas devem ser prevenidas sempre que possível para não comprometer a saúde do pet.

Neste artigo vamos falar sobre a miíase em cachorro – como prevenir, identificar e tratar. Fique com a gente até o final da leitura para saber tudo sobre o assunto!

O que é bicheira em cachorro?

O que é bicheira em cachorro?

A bicheira em cachorro é uma doença de pele que pode atingir também gatos, animais de pasto e muitos outros mamíferos, incluindo seres humanos. Ao contrário do que muita gente imagina, ela não é uma doença que se dá só em cachorros de rua, mas certamente tem potencial para se agravar ainda mais nesses casos em que não há supervisão e cuidados de um tutor responsável.

A bicheira em cachorro é causada pelas larvas da mosca varejeira, chamadas Dermatobia hominis. O mais curioso é que, apesar de os ovos serem de moscas varejeiras, não são elas quem os depositam nas feridas abertas ou sobre a pele dos animais, mas sim as moscas comuns, que vemos tantas vezes circulando por aí, inclusive em nossas casas.

Essas moscas comuns, assim como as moscas domésticas, carregam os ovos das moscas varejeiras e os depositam em cachorros, gatos e outros bichos. Em cerca de uma semana, os ovos eclodem, as larvas saem e começam a invadir o tecido subcutâneo, do qual passam a se alimentar. 

Esse ciclo dura 40 dias e, quando se encerra, as larvas formam a chamada pupa, que se assemelha ao casulo de uma borboleta. Quando os casulos se rompem, depois de um determinado tempo, dão origem a novas moscas.

A região onde as larvas estavam se alimentando fica exposta e muitas vezes inflamada, facilitando a entrada de outros parasitas que podem agravar ainda mais o quadro geral de saúde do animal.

O que causa bicheira em cachorro?

O que causa bicheira em cachorro?

Um dos principais fatores de bicheira em gato e em cachorro é sujeira e falta de higiene, já que as moscas são atraídas por essas condições. Lixo acumulado, água parada e plantas sem manutenção, por exemplo, são perfeitos para atraí-las. A doença é mais frequente em animais que vivem em áreas externas, como quintais, pastos e jardins, mas pode acometer aqueles que moram em apartamentos também.

Animais idosos, com dificuldades de locomoção e feridas na pele provenientes de outras causas também são alvos especialmente fáceis para a bicheira em cachorro. Portanto, os cuidados preventivos são determinantes para protegê-los.

Como saber se é caso de cachorro com bicheira: sintomas

Como saber se é caso de cachorro com bicheira: sintomas

De maneira geral, a bicheira em cachorro é uma doença com aspecto visual marcante e que não deixa muitas dúvidas sobre o que está acontecendo. No entanto, dependendo do local onde está a infestação, pode ser mais difícil para o tutor reconhecer que algo não vai bem.

As feridas abertas, o cheiro forte, o sangramento e a presença de larvas no local são indícios de que a bicheira está em estágio avançado. Mas há outros sintomas da doença que podem ser observados antes que chegue a esse ponto. Entre eles, estão:

  • falta de apetite e desinteresse por petiscos que antes eram favoritos;
  • coceira e lambedura excessiva;
  • dor intensa;
  • buracos na pele;
  • nódulos.

Lembre-se de que as larvas se alimentam do tecido subcutâneo, ou seja, aquele que fica abaixo da superfície da pele. Por isso, é natural que os cães e gatos infectados demonstrem dor, coceira e desconforto de maneira geral.

Como tratar bicheira em cachorro?

Como tratar bicheira em cachorro?

No caso da bicheira em cachorro, assim como em qualquer outra doença, o médico-veterinário deve ser consultado para que seja possível fazer uma avaliação completa do quadro geral de saúde do pet, indicando a partir disso o tratamento mais adequado.

Dito isto, geralmente o tratamento de cachorro com bicheira se inicia pela retirada mecânica das larvas, com as mãos ou com auxílio de pinças e outros instrumentos médicos. Esse procedimento é muito incômodo e doloroso para o animal, e não são raros os casos em que eles precisam ser sedados.

O remédio para berne em cachorro que está entre os mais recomendados pelos veterinários é o Capstar, que contribui para a eliminação das larvas. Com o princípio ativo Nitenpiram na composição, que serve para acabar com pulgas adultas em cachorros e gatos com mais de quatro semanas de vida, Capstar é muito eficaz como remédio para bicheira em cachorros.

Remédio caseiro para bicheira em cachorro

Remédio caseiro para bicheira em cachorro

Como sempre dizemos aqui na Cobasi, um tutor atento tem muito mais chances de identificar que algo não vai bem com seu pet, acionando o quanto antes o médico-veterinário que faz acompanhamento regular do animal.

Essa parceria com o profissional de saúde é fundamental para garantir que o cachorro ou gato receba o tratamento correto, nas dosagens adequadas e com duração específica para cada caso. Desse modo, garante os melhores resultados possíveis.

O uso de remédio caseiro para bicheira em cachorro, assim como a medicação por conta própria, podem provocar sérios danos e agravamento do quadro de saúde do animal. Medicamentos em dosagem inferior ao necessário podem mascarar os sintomas, fazendo com que o tutor ache que o pet melhorou quando na verdade a doença está piorando.

Por outro lado, dosagens superiores ao recomendado para a idade, peso e fase da vida do animal podem colocá-lo em sério risco de intoxicação. Não corra esse risco!

Acho que meu pet está com bicheira: o que fazer?

Tanto em caso de bicheira em cachorro, quanto para todas as outras doenças, consulte o médico-veterinário sempre que notar algo fora do comum no comportamento ou nos hábitos do seu pet. Especificamente no caso da miíase, o tempo é um fator determinante para a cura sem que haja sequelas para o seu pet.

Por isso, não espere! Ao perceber que seu melhor amigo está diferente do que costuma ser, leve-o a uma consulta e relate tudo o que observou para auxiliar no diagnóstico. O veterinário poderá receitar uma combinação de comprimido para berne em cachorro e antibiótico para bicheira de cachorro, por exemplo.

Capstar para bicheira em cachorro é muito utilizado e é um medicamento seguro, mas mesmo assim deve ser prescrito pelo médico-veterinário para que ele dê todas as orientações ao tutor.

É possível também que seja indicado o uso de spray para bicheira de gato e cachorro, com intuito de manter as feridas limpas e protegidas contra novas infestações, além de auxiliar na cicatrização.

Como prevenir bicheira em cachorro

Como prevenir bicheira em cachorro

A melhor maneira de prevenir bicheira em cachorro é cuidar da manutenção do espaço onde vive o pet. Para isso, remova o lixo diariamente, retire as fezes e a urina do cachorro ou gato, utilize desinfetante de uso veterinário e cuide das plantas, que podem atrair diversos insetos.

Se o seu animalzinho de estimação passa boa parte do tempo em áreas externas, fique duplamente atento aos ferimentos que podem surgir sem aviso, como arranhões em cercas, machucados nas patas, nas orelhas e no focinho. Rapidamente eles podem ser alvo de uma infestação que vai crescer silenciosamente e se agravar, se você não notá-la a tempo.

Mantenha as vacinas e os antiparasitários em dia e invista em alimentação de qualidade, para manter o pet forte e saudável.

Uso de Capstar para acabar com a bicheira em cachorro

Uso de Capstar para acabar com a bicheira em cachorro

Capstar é um medicamento em formato de comprimido, que pode ser oferecido com ou sem alimentos. Para pets que possuem dificuldade de engolir remédios, o ideal é ingerir o medicamento junto com uma fruta ou petisco.

O ideal é oferecer uma segunda dose do comprimido após 24 horas, pois a medicação não é de longa duração. No caso de pulgas, o correto é eliminar a infestação no ambiente e usar um antipulgas contínuo. Além disso, é preciso cuidar para que o animal não frequente lugares que possam oferecer riscos de contaminação.

No caso de bicheira em cachorro, o Capstar é o melhor medicamento para eliminar os parasitas. Em menos de um dia já é possível observar melhorias consideráveis. Além disso, quanto mais cedo o problema for identificado, menores serão as chances de impactar os órgãos internos do animal e trazer complicações. O uso de Capstar é seguro para fêmeas gestantes, em lactação e para os machos em reprodução.

Quantos dias dura o efeito do Capstar?

Quantos dias dura o efeito do Capstar?

O remédio tem efeito rápido e, após o uso, é possível perceber os resultados em até 15 minutos. Ele age eliminando as pulgas adultas, e expulsa as larvas da ferida. Assim, na hora da retirada manual dos parasitas a dor é menor.

Capstar é rapidamente absorvido pelo organismo, o que faz com que não seja uma medicação de longa duração. Como em alguns casos pode ser necessário oferecer ao pet uma segunda dose, é fundamental conversar com o médico-veterinário. Somente ele poderá dar as orientações necessárias para realizar o tratamento corretamente.

Na Cobasi você encontra Capstar com os melhores preços, então aproveite nossas promoções de medicamentos! Leia mais sobre cuidados com o seu pet:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

18 Comentários

  1. marcia cristiane disse:

    boa noite,
    mesmo usando o medicamento é necessario tirar as larvas?

  2. Thayane disse:

    GATOS.
    O Capstar vai eliminar as pulgas adultas, mas e os ovos? o que vai acontecer?

    • Cobasi disse:

      Olá, Thayane! Como vai? O Capstar tem ação rápida para eliminação de pulgas, porém não tem ação prolongada. Portanto, é indicada a associação de um outro antipulgas com maior período de proteção. Agradecemos o seu comentário!

  3. Stefanie disse:

    Olá

    Meu gato castrou e depois de uma semana 9 dias mais ou menos, apareceu com umas larvas bem pequenas na região da cirurgia. Sabe me informar se esse medicamento ajudaria?

  4. Iara Maria Sampaio Moreira disse:

    Larvas,brancas,no pelo do animal,infestado.

  5. CILLAS EDUARDO FIGUEREDO DO AMARAL disse:

    Bom dia, o CAPSTAR pode ser usado em bicheira num Pônei de 120kg?
    Têm algum indicação?

  6. Renato disse:

    Meu cachorro está com berne na orelha, boca e próximo do ânus, estou fazendo a limpeza e retirando com a pinça, o medicamento irá expulsar as larvas será nescessário dar antibiótico??

  7. Marcia Saraiva disse:

    Olá,, bom dia!
    Eu comprei o capstar 57mg dei junto com alimento , mas ele ainda continua com as corceiras,as pulgas pelo jeito não está deixando ele em paz, o que fazer ?

  8. Tania Rosana do Nascimento Santana disse:

    Minha cadela tem 14 anos, apareceu um caroço na gengiva dela, mesmo cuidando deu bicheira, capstar diminuiu o caroço, mas está voltando a cresce, o que eu faço?

  9. Bom dia, . disse:

    Minha cachorro.e uma.cocker, ela.esta.com as.2.orelhas inchadas, as vezes.sangra um.pouco e com.mal cheiro. Isso pode.ser carrapato dentro.da orelha. Ela não deixa eu tocar na orelha.Esta quieta, quase não está comendo. Será.que posso dar capstar pra ela?

Deixe o seu comentário