Será que cachorro pode comer atum? Descubra aqui!

Compartilhar:


Será que cachorro pode comer atum? Descubra aqui

Nos dias de hoje, os tutores de cachorro optam cada vez mais por variar o cardápio do seu animal de estimação para tentar se livrar da “monotonia alimentar” e garantir uma dieta mais diversificada. Essa ideia pode ser ótima, desde que os alimentos oferecidos sejam realmente benéficos para o pet. Afinal, muitas coisas que fazem bem para os humanos, podem não fazer para os animais. E uma das dúvidas mais frequentes é: cachorro pode comer atum?

Primeiramente, cachorros até podem comer peixe, desde que seja preparado da forma correta, seja pouco gorduroso e tenha sido recomendado por um veterinário. Uma boa opção seria a pescada branca, que possui poucos espinhos e é uma carne relativamente magra. Mas e o atum?

Afinal, cachorro pode comer atum?

Infelizmente, não é recomendado oferecer atum para o seu cãozinho. Isso porque esse peixe é muito rico em mercúrio, um metal pesado que vai se acumulando no organismo do pet, tornando-se tóxico. 

Por causa de diversas atividades industriais, como a geração de eletricidade, os lagos, rios e oceanos estão contaminados por mercúrio. Com isso, o metal se acumula dentro dos peixes, e, caso eles não sejam preparados da forma correta, nós também podemos acabar ingerindo mercúrio. E para um cachorro, consumir uma alta quantidade de mercúrio pode resultar em envenenamento, causando diversas complicações de saúde graves ou até fatais.

Uma curiosidade interessante é que, quanto maior for o peixe e quanto mais tempo ele vive, maior será o acúmulo de mercúrio dentro dele. Considerando que o atum é um peixe grande e de vida prolongada, podemos entender que se trata de um peixe com níveis de mercúrio elevados.

Então não posso oferecer nenhum peixe ao meu cão?

Novamente, antes de incluir no cardápio do seu cachorro qualquer tipo de peixe, o mais recomendado é consultar um veterinário. Uma alimentação equilibrada e que inclua alguns peixes pode, sim, ser benéfica para o seu pet. Um outro ponto importante é a quantidade a ser oferecida, afinal, qualquer coisa em excesso faz mal, não é? Então, uma quantidade não muito exagerada pode sim fazer parte da dieta do seu cãozinho.

Qual é o tipo de preparo correto de peixe?

Depois que você tiver verificado com um profissional quanto ao tipo de peixe e a quantidade ideal a ser servida para o seu pet, está na hora de por a mão na massa. Primeiramente, nada de peixe cru! Existem diversas doenças que são disseminadas por alimentos sem cozimento. Sendo assim, você pode servir o peixe cozido para o seu pet.

cachorro pode comer atum

Para o preparo, utilize somente água ou vapor. E nada de temperar o peixe, hein! Óleos, sal, cebola e alho não devem ser colocados na comida do cachorro pois podem ser tóxicos para ele. Caso você esteja querendo deixar esse peixe mais saboroso para o seu cão, apenas misture com a ração ou com alguns legumes e vegetais.

E qual é a alimentação ideal para o cachorro?

Apesar de a dieta dos cães contar com diversas opções de alimentos, é preciso entender que os cachorros são animais carnívoros. E o alimento mais completo e recomendado para ele é a própria ração. Existem diversos tipos de ração para o seu pet, que podem ser escolhidas por idade, raça, peso etc. Por mais que você queira variar a alimentação do seu pet, uma ração de qualidade já é capaz de oferecer todos os nutrientes que o seu cachorro precisa para uma vida extremamente saudável.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário