Cachorro pode comer melancia? Descubra aqui!

Compartilhar:


cachorro pode comer melancia

Durante as refeições, é muito difícil para os tutores resistirem ao olhar pidão de seus pets. O problema é que existem diversos alimentos que não são liberados para cães. Por isso, uma pergunta muito comum entre os tutores é se cachorro pode comer melancia. Continue a leitura com a gente e descubra!

Afinal, cachorro pode comer melancia? 

Sim, o cachorro pode comer melancia! Isso porque essa fruta é extremamente saudável para esses pets, já que é rica em água e nutrientes. Por isso é muito comum que as pessoas recomendem oferecer melancia para cachorro, principalmente durante o verão, para ajudar a refrescar o animal.

Essa fruta tem aproximadamente 92% de água, portanto é uma opção saudável para manter o pet hidratado. Além disso, aumentar o consumo do líquido é importante para diminuir os riscos de problemas urinários. Isso acontece porque o excesso de líquido no organismo dos cachorros ajuda no bom funcionamento dos rins.

Apesar de ser uma fruta doce, a melancia contém poucas calorias, e por isso ela é um bom petisco até mesmo para os cães que sofrem com problemas de peso. Por todos esses motivos, podemos afirmar que os cachorros podem comer melancia. No entanto, é importante conversar com o veterinário de sua confiança para que ele dê orientações sobre a rotina alimentar do seu pet.

cachorro pode comer melancia

Benefícios de dar a fruta para o cachorro

Além de ser extremamente  saborosa e saudável, a melancia é rica em uma série de nutrientes que ajudam a manter a saúde do seu pet em dia. Entre eles, podemos destacar a vitamina A, que é uma substância importante para a manutenção da visão do pet. Além disso, ela ajuda no funcionamento correto dos sistemas ósseo e muscular. Essa vitamina também contribui para que a pele e os pelos do pet fiquem mais bonitos.

Outro nutriente que está presente na melancia é a vitamina B6, que está ligada à síntese de alguns aminoácidos. A falta dessa vitamina pode provocar questões como o enfraquecimento da imunidade e problemas neurológicos.

Também é importante falar que, apesar de esses nutrientes serem muito importantes para o organismo canino, eles já estão presentes nas rações de qualidade que o tutor deve oferecer como base de alimentação do animal.

Por isso, quando o tutor garante uma alimentação balanceada para o pet, não existe a necessidade de fazer a suplementação dessas vitaminas. Ou seja, se oferecida em excesso, a melancia pode até mesmo fazer mal para o cachorro.

Como oferecer melancia para o cachorro?

A melancia é uma fruta muito saudável para oferecer aos cachorros. Contudo, assim como qualquer outro alimento, ela também pode se tornar prejudicial. Portanto, deve ser administrada corretamente.

O ideal é que o tutor remova casca e sementes antes de oferecer a fruta para o pet. Afinal, as cascas contêm substâncias tóxicas, e as sementes são uma das principais causas de obstrução intestinal.

Além disso, é importante cortar a fruta em pedaços proporcionais ao tamanho do pet, para evitar que o cachorro engasgue ao ingerir. Outra dica fundamental é servir apenas frutas frescas.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário