É possível tornar o cachorro vegano? Descubra!

Compartilhar:


cachorro vegano

A mudança na rotina alimentar tem sido a realidade para diversas pessoas que optaram por não comer alimentos de origem animal. Além disso, muitos tutores decidiram estender seus hábitos alimentares para os pets. As marcas perceberam essa tendência e já há uma variedade de produtos para cachorro vegano.

A dieta é possível para os cães. Porém, ela deve ser realizada com responsabilidade e acompanhada por um nutricionista especializado em animais. Para saber tudo sobre como tornar o cachorro vegano, leia o artigo do Blog da Cobasi.

Cuidados com o cachorro vegano

Os cães são naturalmente onívoros, pois comem alimentos de origem animal e vegetal e possuem necessidades específicas de nutrientes. Por isso, é preciso elaborar uma dieta balanceada com aminoácidos, vitaminas, minerais e fontes proteicas para o cachorro.

Também é importante acompanhar a reação do organismo do pet em relação à alimentação adotada. Por isso, consultas periódicas ao veterinário são recomendadas. A deficiência de alguns nutrientes pode resultar em doenças causadas pela restrição alimentar.

Como adaptar o cachorro à nova dieta?

Já há diversos produtos para o cachorro vegano, como rações e petiscos. Mas as alterações devem ocorrer de maneira progressiva para a adaptação.

A mudança pode ser vontade do tutor, mas será que o pet quer ou conseguirá se tornar um cachorro vegano? É recomendável que o processo dure ao longo de sete dias e o alimento vegano seja aumentado aos poucos. 

Fique atento, pois mesmo com todo o cuidado, pode ser que o cão não se habitue à nova dieta. Nesse momento, é importante que o tutor respeite a vontade do pet.

No período de adaptação, pode surgir a necessidade de utilização de suplementos manipulados para o cachorro vegano com a ajuda de um veterinário.

Consequências da dieta vegana para cachorros

Uma dieta vegana não adequada tem grandes chances de causar carências nutricionais para o seu cãozinho. Isso pode acarretar diversas consequências negativas. Confira algumas abaixo:

  • Diarreia ou constipação devido ao excesso de fibras na dieta;
  • distúrbios ósseos e dermatológicos;
  • deficiências em ácidos graxos essenciais;
  • deficiência de vitamina B12.

Vale ressaltar que o veganismo é uma causa com ascensão e suporte mundial, inclusive por celebridades como o piloto Lewis Hamilton, que tem um cachorro vegano.

No entanto, o tutor não deve se esquecer da saúde do seu bichinho. Caso o animalzinho não se adapte à nova dieta, ele pode ficar estressado. Por isso é essencial que você cuide do bem-estar do pet, tá? Não force seu amigo de quatro patas a nada!

Também lembre-se de consultar o veterinário antes de mudar a dieta do seu amiguinho. Assim, você cuida da saúde do pet e evita eventuais problemas no futuro.

Gostou do artigo do Blog da Cobasi? Veja outros assuntos que podem ser interessantes para você. Leia mais:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário