Cágado: saiba como criar desse pet dentro de casa

Compartilhar:


cágado

Os cágados são répteis presentes na América do Sul, Austrália e Nova Guiné, que se desenvolvem tanto em água doce quanto na superfície terrestre.

A principal diferença do cágado para tartaruga e jabuti é que enquanto ele transita entre os dois ambientes, a tartaruga vive exclusivamente dentro d’água, só saindo para colocar seus ovos, e o jabuti vive apenas sobre a terra.

Todos eles são da ordem dos quelônios, animais que surgiram no período Triássico, que ocorreu de 252 milhões a 201 milhões de anos atrás.

Por causa do pescoço estreito e comprido, os cágados são chamados de tartaruga pescoço de cobra, e são representados no Brasil por 25 espécies, distribuídas em nove gêneros.

Além disso, o casco é mais leve e achatado que o dos jabutis, o que permite mais agilidade e capacidade de flutuar na água, e seus dedos têm membranas adaptadas para o ambiente aquático.

Como vivem e do que se alimentam?

Onívoros, os cágados se alimentam principalmente com larvas de insetos, invertebrados e carniça, que costumam encontrar por meio do estímulo visual. Uma vez localizada a presa, o cágado se aproxima, projeta a cabeça em direção a ela e a apreende por sucção.

Além disso, se for uma presa muito grande, ele utiliza as patas dianteiras para ajudar a despedaça-la.

Alguns tipos de cágado podem ser criados em casa, mas como são animais exóticos, precisam de autorização especial. Ao adquiri-los em lojas especializadas, o animal já vem com toda a documentação correta. Outros tipos, principalmente as espécies que não são originárias no país, não são permitidas para criação.

Saiba mais detalhes abaixo!

Principais tipos de cágado

Tartaruga-tigre-d’água

Trata-se de um cágado, não de uma tartaruga, mesmo com esse nome diferente! Com documentação do IBAMA, o cágado pode ser criado dentro de casa. 

Por viver em água doce,  precisa ser criada em um aquaterrário, com filtro d’água, iluminação e termômetro para que tenha uma vida saudável. Como é onívora, precisa receber ração com nutrientes de origem animal e vegetal.

Quando tratada de maneira correta, pode chegar aos 30 centímetros e sua expectativa de vida é de 30 anos.

Cágado de barbicha

Espécie silvestre, é proibida pelo IBAMA de ser criada em cativeiro. Comum em várias partes do Brasil, tem dois relevos embaixo do queixo, que deram origem ao seu nome.

Tartaruga de orelha vermelha

Originário da América do Norte, esse cágado tem marcas vermelhas ao redor da cabeça, e sua a criação em cativeiro não é permitida pelo IBAMA.

Além disso, o cágado geralmente atinge 50 centímetros e vive por 30 anos. 

Por fim, para criar um animal exótico, busque um local confiável e tenha em mãos a documentação.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento do IBAMA pelo telefone 0800-61-8080, de segunda a sexta, das 7 às 19horas.

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário