Conheça tudo que você precisa sobre o cão pelado peruano

Compartilhar:


cão pelado peruano

Decidir por uma raça de cãozinho pode não ser uma tarefa fácil. Com tantas características diferentes, aspectos importantes para uma família podem não ser prioridades para outras. E a escolha pode ficar ainda mais interessante quando se foge do óbvio. Pouco conhecido, o cão pelado peruano pode transformar o dia a dia de uma casa de diferentes formas. Aqui vamos te apresentar tudo que você precisa conhecer sobre essa raça.

Se você está em busca de um pet fiel e carinhoso, uma excelente companhia e um ótimo cão de guarda, esse pode ser o seu match. O cão pelado peruano cria laços com a família e é cuidadoso com as crianças. Eles adoram momentos de brincadeiras e de aproveitar espaços ao ar livre.

Dentro de casa, esses cãozinhos são tranquilos e amigáveis, apesar de desconfiados com estranhos. Outro ponto positivo do cão pelado peruano é a inteligência. Por essa característica, é uma raça fácil de ser adestrada. Apesar de se adaptar bem a apartamentos, esses pets precisam ter momentos para exercícios diários.

Características físicas do cão pelado peruano

A principal característica física desse cão está no próprio nome: o cão pelado peruano não tem pelos. Alguns deles podem ter pelos na cabeça nas extremidades das patas ou no rabo. Eles podem ser de pequeno, médio ou grande porte. Os menores podem ter entre 25 e 40 cm de altura, com peso entre 4 e 8 kg. Os cães de tamanho médio ficam com altura entre 40 e 50 cm, e peso entre 8 e 12 kg. Os de grande porte tem entre 50 e 65 cm. O peso fica entre 12 e 25 kg.

Essa raça é bastante resistente, mas tem dificuldade de adaptação em climas muito quentes. A exposição prolongada ao sol é perigosa para esses cães, já que eles não têm pelos e podem sofrer queimaduras.

Saiba como se divertir com seu pet

Por ser muito ágil e brincalhão, o cão pelado peruano aprecia momentos de lazer com seus donos. É importante que você mantenha uma rotina de atividades para que o seu cãozinho gaste a energia extra. Para ajudar, trazemos aqui algumas sugestões de brincadeiras para o dia a dia de vocês:

  • Brincar de jogar:

Nenhuma brincadeira com cachorros é tão conhecida e apreciada como a de jogar um objeto para que o seu pet pegue e traga para você. São muitas as opções de brinquedos, como bolinhas, cordas e ossinhos.

  • Correr:

Essa brincadeira vai exigir disposição tanto do seu pet quanto de você. Pegue um brinquedo ou um petisco para atrair o seu amigo e, depois, é só começar a correr.

  • Jogos de Caçar:

Agora é a hora de instigar os instintos de caça do cão pelado peruano. Para isso, esconda um ossinho, espalhe algumas porções de ração, biscoitos ou outros petiscos, e deixe ele ir atrás do grande prêmio!

  • Interação com outros cães

Em muitos parques ou outros locais comunitários ao ar livre donos de pets promovem encontros. Além de você trocar experiências com outras pessoas com cãezinhos, eles podem brincar juntos e se divertir muito.

  • Circuito de exercícios

Conhecido como “agility”, esse treinamento vai trabalhar tanto a função motora quanto a inteligência do seu cãozinho. Ensine a ele o trajeto e tenha o prazer de ve-lo cumprindo as tarefas.

Conheça mais sobre o mundo do cachorros aqui no nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário